Após 10 partidas, o Brasil encerrou um jogo sem vitória nas eliminatórias. Brasil e Colômbia desperdiçaram muitas chances e empataram por 0 a 0, neste domingo (10), em Barranquilla, em partida atrasada da quinta rodada da competição. Neymar voltou ao time e foi bem na primeira etapa, mas caiu muito no segundo tempo, quando Antony e Raphinha novamente fizeram a diferença, mas não evitaram o placar zerado. A Seleção tem sua sequência de triunfos encerrada, mas segue líder com folga.

 

  • A tabela

O Brasil tem 28 pontos e segue líder com folga das eliminatórias. Está com um pé na Copa do Mundo. A Colômbia tem 15 pontos e é a quinta colocada, posição que a levaria à repescagem. Na próxima quinta, a Seleção encara o Uruguai em Manaus, e os colombianos recebem o Equador, novamente em Barranquilla. 

  • Os 90 minutos

No calor de Barranquilla, a Seleção fez um bom primeiro tempo e criou boas chances nos minutos finais da segunda etapa. Mas também foi ameaçada. A equipe brasileira terminou com 63% de posse de bola, finalizou nove vezes, contra 13 dos donos da casa. O Brasil manteve um bom ritmo nos 45 minutos iniciais. Obrigou Ospina a fazer boa defesa em chute de Neymar no começo e desperdiçou ótima chance com Fred, que finalizou para fora da entrada da área após passe do camisa 10.

No entanto, na volta do intervalo, o cenário mudou. O trio de frente com Neymar, Gabriel Jesus e Gabigol pouco funcionou, e a Colômbia pressionou. Alisson fez duas boas defesas em chutes de Uribe e Quintero, e a Seleção teve que acordar. Novamente nos pés de Raphinha e Antony. Eles entraram nas vagas dos dois “Gabriéis” e deram novo fôlego ao time brasileiro.

  • O jogador do Leeds obrigou Ospina a fazer ótima defesa em chute da entrada da área com a canhota, aos 31 minutos, na primeira finalização do Brasil na segunda etapa. Pouco depois, aos 38, ele cruzou para o atacante do Ajax finalizar de chapa. O goleiro colombiano espalmou mais uma vez para fora e garantiu o 0 a 0 para os donos da casa.
  •  
  • Eles novamente
  • Destaques contra a Venezuela, Raphinha e Antony novamente entraram bem no segundo tempo. O atacante do Leeds entrou aos 15 minutos, no lugar de Gabigol, e deu novo vigor ao time com suas jogadas individuais na ponta direita, com sua perna esquerda. Ele finalizou duas das nove vezes do brasil e cruzou na medida para Antony finalizar uma vez. O atacante do Ajax entrou aos 25, no lugar de Gabriel Jesus, ficou na ponta esquerda e teve a grande chance do Brasil na segunda etapa.

Fonte: G1

print
Comentários