A pátria vai calçar as chuteiras nesta terça-feira (15) para torcer por sua seleção, às 15h30. O Brasil vai, enfim, estrear na Copa da África, contra a misteriosa seleção da Coreia do Norte.
O técnico da seleção brasileira, Dunga, admitiu nesta segunda-feira (14) que a pressão é grande sobre o treinador do país que busca o hexacampeonato na Copa do e cobrou uma análise mais justa de seu período no comando da equipe, na entrevista coletiva concedida no estádio Ellis Park, local da estreia.
¨É o maior desafio porque é o próximo, quando eu era jogador aquele era o maior desafio. Hoje seguramente estou muito mais bem preparado do que quando era jogador para comandar. Sem dúvida nenhuma é uma responsabilidade muito grande, porque tem muitsa cobranças¨, declarou, após o treino de reconhecimento do gramado.
¨Sem dúvida nenhuma, como treinador a pressão, a cobrança é maior, mas ao mesmo tempo quando você consegue realizar a alegria também é em dobro¨, completou o treinador.
Ele admitiu ainda uma ansiedade natural antes da primeira partida em uma Copa do Mundo e destacou que sempre fala para os jogadores que o tempo na seleção parece longo, mas é muito rápido.
Apesar da Coreia do Norte ser desconhecida de grande parte dos jogadores brasileiros, Dunga disse que espera um time compacto, de muita velocidade e que a seleção terá que encontrar uma forma de superar o adversário. Também lembrou que três norte-coreanos atuam fora do país.O técnico aposta em Kaká, Robinho e Luís Fabiano para furar as barreiras adversárias.
Temperatura em Joanesburgo
Nesta terça-feira (15), a seleção brasileira enfrentou uma manhã gelada em Joanesburgo, local da estreia do Brasil na Copa do Mundo da África do Sul. Como anunciado pela previsão do tempo, a temperatura caiu vertiginosamente. Isso aconteceu devido a chegada de uma frente fria na cidade sul-africana. A variação em relação aos últimos dias é de menos dez graus. A máxima prevista para esta terça-feira é de apenas 6º.
Já a mínima no horário da partida, às 15h30 de Brasília (20h30 locais) é de -2º C. Mas a sensação térmica, segundo o meteorologista Siubonga Mthethee, pode chegar a -5º C, por conta dos ventos a 55 quilômetros por hora.
Mas o maior desafio da seleção é vencer a Coreia do Norte, e dar de presente para todos os torcedores brasileiros e amantes do futebol um jogo bonito, criativo e repletos de gols dos Brazuka. Neste jogo o técnico Dunga poderá contar com todo seu elenco, pois os fraturados se recuperaram e os desanimados já estão otimistas.
Partida entre Portugal e Costa do Marfim terminou sem gols
Nesta terça-feira (15) a Seleção Portuguesa enfrentou a incansável Costa do Marfim, e saiu de campo com apenas um empate em 0 x 0. Esta foi uma partida em que nenhuma das duas seleções queria levar gols, pois um gol poderia custar a classificação para as oitavas de finais.
Por este motivo as seleções jogaram preocupadas com a defesa, e Cristiano Ronaldo, que não vem fazendo belas atuações por Portugal, mais uma vez não deu o show esperado pela torcida

Partida entre Nova Zelândia e Eslováquia termina em empate

O jogo no estádio Royal Bafokeng, em Rustemburgo (África do Sul), era marcante para as duas equipes. De um lado, a Eslováquia, apesar de ser considerada pela Fifa como uma das herdeiras do legado da antiga Tchecoslováquia, disputava seu primeiro jogo de Copa do Mundo como nação independente. Do outro, a Nova Zelândia voltava a jogar uma partida de Mundial após 28 anos. E após o apito final, apesar do empate por 1 a 1, só a seleção da Oceania teve motivos para comemorar. Em uma partida de baixo nível técnico, com muitos passes errados e falhas técnicas, os eslovacos saíram na frente, mas sofreram o empate nos acréscimos no duelo de encerramento da primeira rodada do Grupo E da Copa 2010. Os dois foram de cabeça. Em impedimento, Sestak abriu o placar aos cinco minutos da etapa final. E Reid empatou aos 48 minutos.
Os times de Nova Zelândia, Eslováquia, Itália e Paraguai empatados em pontos e gols. As equipes voltam a atuar no próximo domingo. Em Bloemfontein, a Eslováquia enfrenta o Paraguai, às 8h30m (de Brasília). Às 15h, a Nova Zelândia desafia a Itália em Nelspruit.

Imprimir
Comentários