Em jogo marcado por muita emoção e muito sufoco, o Brasil venceu a Espanha nos pênaltis por 4 a 3 e conquistou o hexacampeonato mundial de Futsal no Maracanãnzinho, no Rio de Janeiro.
A partida ficou empatada em 2×2 e foi para prorrogação, quando as duas equipes não conseguiram marcar o gol da vitória.
Nos pênaltis, o goleiro Franklin, que substituiu Tiago só para a disputa de tiros livres, foi o herói da conquista, defendendo duas cobranças dos espanhóis. O Brasil acertou quatro pênaltis com Marquinho, Wilde, Ciço e Lenísio e perdeu uma cobrança com Ari.

O jogo
A partida foi muito equilibrada desde o início. Apoiado pela torcida, o Brasil pressionava e tentava chegar ao gol, mas a Espanha respondia com jogadas perigosas. Em cobrança de escanteio, Marquinho abriu o placar ao cruzar para a área e a bola desviar em Borja, jogador espanhol.
Pouco depois, a Espanha empatou com Marcelo, brasileiro naturalizado espanhol, que recebeu passe de Torras e chutou forte sem qualquer chance para o goleiro Tiago. O Brasil voltou a ficar na frente com um gol de Vinícius, que recebeu um passe de Ari e chutou forte.
A Espanha foi com tudo para o ataque e empatou no final do jogo, quando Alvaro recebeu da esquerda. Gabriel tentou cortar, mas a bola acabou entrando no gol de Tiago. Na prorrogação, as duas equipes se estudaram muito e não conseguiram marcar o gol da vitória.

Imprimir
Comentários