Após uma tensa virada de 2008 para 2009 devido a crise econômica global, os sinais de recuperação econômica começam a atingir os quatro cantos do globo terrestre. E entre os consumidores que mais confiam na recuperação econômica no ano de 2010, estão os brasileiros.
Segundo levantamento da consultoria Nielsen, que entrevistou em dezembro do ano passado 17.500 usuários de internet em 29 países para saber sobre sua confiança na economia, o índice de confiança do país tupiniquim é de 110, em uma escala de 0 a 200. Apenas Índia e Indonésia estão à frente do Brasil. Há seis meses, o índice brasileiro era de 96, colocando o país na quarta posição.
Os dados animadores refletiram em outros pontos da pesquisa. Segundo o estudo, no Brasil, 49% dos entrevistados consideram que 2010 será um bom ou um excelente momento para voltar a gastar em artigos supérfluos e 38% acreditam que o ano não será tão bom. Já nos Estados Unidos, principal potência econômica do planeta, apenas 31% disseram estar dispostos a investir em artigos supérfluos.

Imprimir
Comentários