O Legislativo arcoense já convocou quase 20 reuniões extraordinárias nesse recesso parlamentar, devido ao volume de projetos de lei e matérias para serem apreciados em plenário. Como as extraordinárias naquela cidade são remuneradas, já foram gastos mais de R$35 mil nos últimos dias.
O presidente da Câmara Municipal de Arcos, Pedro César Rodrigues/PMN, conta que os vereadores decidiram em comum acordo desafogar a pauta de votações, que recebeu muitos projetos e matérias para análise do Executivo. ?Entrou muito PL?s (projetos de lei) para serem debatidos, analisados e, consequentemente, votados. Foi necessário que convocasse reuniões para desafogar o Legislativo? , comentou o presidente.
A próxima reunião do Legislativo de Arcos está marcada para o dia 3 de agosto, quando acontece a abertura do segundo semestre legislativo, já com cerca de quatro projetos de lei para serem votados.
Em Formiga
Na Câmara de Formiga, não houve ainda reunião extraordinária nesse recesso parlamentar. Vale ressaltar que as extraordinárias no Legislativo formiguense não são remuneradas. O recesso parlamentar também termina dia 3 de agosto. No total, 23 projetos estão em tramitação na Casa.

print
Comentários