A Câmara Municipal de Arcos rejeitou, na segunda-feira (11), o projeto de resolução que dispõe sobre diárias para vereadores e servidores do Legislativo. Foram oito votos contrários e quatro favoráveis.
O autor do projeto, o vereador Jamir Soares dos Reis se irritou com a rejeição da Comissão de Legislação, Justiça e Redação, presidida pelo vereador Eduardo de Carvalho, e pela Comissão de Finanças, Orçamento e Tomada de Contas, presidida pelo vereador Wirlei Alves.
Jamir dos Reis ainda protestou contra a justificativa do advogado do Legislativo que teria dito que uma diária no valor de R$100 não seria suficiente para pagar uma refeição e dois lanches. ?Ele foi muito infeliz [o advogado] quando disse que, com os valores do projeto, não seria possível pagar dois lanches e uma refeição. (…) o padrão social dele ou da cidade onde ele mora deve ser totalmente fora da realidade. Respeito o profissional, mas não concordo. Hora nenhuma ele disse que essa proposta é inconstitucional?, disse o vereador.

print
Comentários