Em reunião de pouco mais de uma hora e meia, os vereadores aprovaram na segunda-feira (4), a Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2017.

Foram feitas apenas duas emendas à proposta enviada pelo Poder Executivo, uma aditiva, apresentada pelo vereador Arnaldo Gontijo de Freitas (Arnaldo da Nasa) e uma modificativa, de autoria de Débora Montarroios Neto Almeida (Débora Brás).

Emendas

Por meio da proposta de Arnaldo, o item que trata Recuperação e Preservação dos Recursos Hídricos foi colocado dentre as Metas e Prioridades da próxima gestão.

Já Débora modificou o artigo 46 da Lei, que trata da autorização para abertura de créditos suplementares, que segundo a proposta original, chegava a 50%. Já na proposta da vereadora o limite é de 20% do orçamento.

Ambas as emendas foram aprovadas por unanimidade pelos vereadores.

De acordo com informações ainda não oficiais, a previsão orçamentária é de R$150 milhões para 2017.

print

Comentários