Durante a reunião de segunda-feira (30), foi aprovado pela unanimidade dos vereadores presentes o projeto de lei 374/2015 que prevê o repasse de recursos financeiros para a Associação Dom José Antônio do Couto, mantenedora da Casa de Acolhimento Divina Misericórdia.

O valor que será repassado é pequeno, de apenas R$5 mil, mas segundo informaram os vereadores, será de grande valia para a manutenção dos serviços da associação.

Durante a discussão do projeto, vários vereadores fizeram uso da palavra e elogiaram o trabalho realizado pela associação que vem salvando muitas vidas ao longo dos anos.

Em julho, após uma grande reforma, a sede da casa de acolhimento foi reinaugurada.

Mantida por doações em dinheiro pela comunidade e também donativos (alimentos), a casa acolhe dependentes de drogas e álcool. Aqueles que têm condições de contribuir colaboram com a quantia de meio salário mínimo. Quem não tem condições financeiras é acolhido assim mesmo. 

A Casa Divina Misericórdia tem capacidade para atender até 28 acolhidos e conta com a seguinte diretoria: presidente, Fernando José de Castro (Fernandinho da Galera) e vice-presidente Osmar Vaz, 1º  secretário, Geraldo Macedo, 2 º secretário, Danilo de Faria, 1º tesoureiro Márcio Gato, 2º tesoureiro Walter Arantes e  diretor espiritual Padre Aurélio da paróquia São Vicente Férrer. 

 

 

Redação do Jornal Nova Imprensa

Imprimir
Comentários