Depois de sucessivos problemas de comunicação entre a Prefeitura, a Câmara e os organizadores do Festival Formiga Sônica, ao que parece, está tudo resolvido.

Na manhã desta sexta-feira (17), a partir das 11h, está marcada uma reunião extraordinária para que os vereadores aprovem, em regime de urgência, mais um repasse no valor R$30 mil (subvenção social) para o evento. Esse será o segundo projeto apreciado na Casa relativo ao festival. O primeiro foi aprovado por unanimidade em abril, porém previa apenas que a Prefeitura arcasse com gastos com a estrutura do evento (iluminação, palco, banheiros químicos etc.), até o valor máximo de R$30 mil, mas não possibilitava que os organizadores tivessem acesso aos valores para arcar, por exemplo, com a ajuda de custo que será dada para cada uma das 10 bandas que se apresentarão de R$1500 (conforme edital).

Agora, a Prefeitura continuará arcando com gastos de estrutura, conforme a lei em vigor aprovada em abril e ainda concederá Subvenção Social à Associação dos Amigos da Cultura da Cidade de Formiga (AACCF), que repassará os valores (R$30 mil) para auxiliar na realização do evento “Formiga Sônica”. Tudo de acordo com a lei.

Diante do impasse sobre as verbas, os últimos dias foram de apreensão para os organizadores do festival após a notícia de que não seria a Prefeitura quem se responsabilizaria pelo valor aprovado em abril e sim a Câmara.

 

Agora é esperar a sansão da lei, Caso ela seja aprovada na Casa para a liberação dos valores. O que não se sabe, é se haverá tempo hábil para que o dinheiro chegue às mãos dos organizadores antes da apresentação das bandas.

Lorene Pedrosa

Imprimir
Comentários