A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde e o Ministério da Saúde, realizará em Formiga a Campanha de Vacinação Antirrábica Animal 2015, em agosto e setembro.

Todos os cães e gatos com mais de três meses de idade devem ser vacinados. Segundo Ana Carolina Castro Oliveira, do Setor de Epidemiologia, a adesão da população às campanhas de vacinação é essencial para manter o município livre da raiva em humanos e em cães e gatos, já que essa vacinação é o fator de maior relevância para garantir a manutenção de controle da raiva nas populações de cães e gatos e, por consequência, para a população humana.

É importante ressaltar que mesmo aqueles animais que já foram imunizados em anos anteriores devem receber a nova dose. Formiga receberá cerca de 15 mil doses da vacina. A população de cães e gatos no município é estimada em 10.339 cães e 1.034 gatos. A meta é vacinar no mínimo 80% desses animais.

Na zona urbana, a vacinação ocorrerá nos dias 22 e 29 de agosto (sábados), das 8h30 às 16h, segundo cronograma, e de 31 de agosto a 11 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 16h, na Secretaria de Saúde.

A zona rural de Formiga é muito extensa. Por isso, é importante que os proprietários de cães e gatos fiquem atentos ao cronograma de vacinação para que, no dia da vacinação, estejam em casa e deixem as porteiras de acesso aos domicílios abertas para garantirem a vacinação de seus animais.

Ainda é válido destacar que na zona urbana não haverá vacinação em domicílio. “Todos e quaisquer cães e gatos devem ser levados aos pontos de vacinação por pessoas maiores de idade e com força suficiente para contê-los. A orientação é levar os cães com guias e coleiras e, no caso de animais de grande porte, é conveniente que se use focinheira. Já os gatos, o ideal é levá-los em caixa de transporte, mas é possível improvisar com outros equipamentos como, por exemplo, carrinho de feira, gaiolas grandes, etc”, ressaltou Ana Carolina.

tabela fga 3

Redação do Jornal Nova Imprensa Secretaria de Saúde

print
Comentários