O Ministério da Saúde anunciou que, a partir de julho, começa a campanha de vacinação nacional contra a raiva. Cerca de 29 milhões de cães e gatos devem ser imunizados em todo o país e, segundo o governo, a mobilização acontecerá em dois momentos.
Na primeira etapa, oito estados irão imunizar quase sete milhões de animais. Em setembro, na segunda etapa da campanha, mais de 22 milhões de animais receberão dose da vacina em 16 estados e no Distrito Federal.
O Rio Grande do Sul e Santa Catarina não participam da campanha, pois não registram a circulação do vírus da raiva. Apesar de a campanha ter início apenas em julho, as doses da vacina serão distribuídas aos estados em maio. Elas só poderão ser utilizadas depois de aprovadas pelo Ministério da Agricultura.
No ano passado, a vacinação foi suspensa em todo o país depois de mortes e reações adversas em cães e gatos que haviam recebido dose do medicamento. Ao todo foram notificadas 637 reações adversas, sendo que 41,6% dos casos foram de morte ou reação alérgica que pode levar à morte. Por esse motivo, o laboratório responsável pela vacina foi trocado para a campanha deste ano.

IMPRIMIR