Campanha de vacinação contra gripe deverá ser prorrogada em Formiga

De acordo com números divulgados pelo setor de Epidemiologia, da Secretaria de Saúde, apenas 39,28% das pessoas que devem receber a dose, compareceram aos locais de vacinação na cidade

De acordo com números divulgados pelo setor de Epidemiologia, da Secretaria de Saúde, apenas 39,28% das pessoas que devem receber a dose, compareceram aos locais de vacinação na cidade

De acordo com o calendário do Ministério da Saúde, termina hoje (22), o período de vacinação contra a gripe, iniciado no dia 4 de maio, porém os índices de imunização estão baixos em todo o país.
A nível nacional, cerca de 30% do público-alvo já recebeu a dose, já em Minas Gerais, apenas 25% da população se imunizou.
Em Formiga, de acordo com números divulgados pelo setor de Epidemiologia, da Secretaria de Saúde, apenas 39,28% das pessoas que devem receber a dose, compareceram aos locais de vacinação. A meta de imunização estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 80%, e para alcanç[a-la. a campanha deverá ser prorrogada em Formiga e em todo o país.
Na cidade, o início da campanha ocorreu com atraso de 3 dias. De acordo com a Superintendência Regional de Saúde de Divinópolis, responsável pela distribuição das doses, o atraso na entrega das vacinas pelas empresas responsáveis provocou o problema.
Além desse contratempo, foram enviados apenas 20% do total necessário de doses para o município e devido à grande procura, nos dias 11 e 12 de maio não haviam mais vacinas nos postos da cidade. O estoque foi reabastecido na quarta-feira passada (13).
Diferente do que ocorreu nos anos anteriores, quando mais de 90% dos profissionais da saúde receberam a dose durante o período da campanha, hoje eles compõem o grupo com menor índice de vacinação, 28,63%. O grupo que mais se imunizou foi o de idosos (41,15%). Dos demais grupos, foram vacinados na cidade 38,15% das crianças; 29,24% das gestantes, 40,66% das puérperas.

Imprimir

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Campanha de vacinação contra gripe deverá ser prorrogada em Formiga

De acordo com números divulgados pelo setor de Epidemiologia, da Secretaria de Saúde, apenas 39,28% das pessoas que devem receber a dose, compareceram aos locais de vacinação na cidade.

De acordo com números divulgados pelo setor de Epidemiologia, da Secretaria de Saúde, apenas 39,28% das pessoas que devem receber a dose, compareceram aos locais de vacinação na cidade.

 

De acordo com o calendário do Ministério da Saúde, termina hoje (22), o período de vacinação contra a gripe, iniciado no dia 4 de maio, porém os índices de imunização estão baixos em todo o país.

A nível nacional, cerca de 30% do público-alvo já recebeu a dose, já em Minas Gerais, apenas 25% da população se imunizou.

Em Formiga, de acordo com números divulgados pelo setor de Epidemiologia, da Secretaria de Saúde, apenas 39,28% das pessoas que devem receber a dose, compareceram aos locais de vacinação. A meta de imunização estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 80%, e para alcanç[a-la. a campanha deverá ser prorrogada em Formiga e em todo o país.

Na cidade, o início da campanha ocorreu com atraso de 3 dias. De acordo com a Superintendência Regional de Saúde de Divinópolis, responsável pela distribuição das doses, o atraso na entrega das vacinas pelas empresas responsáveis provocou o problema.

Além desse contratempo, foram enviados apenas 20% do total necessário de doses para o município e devido à grande procura, nos dias 11 e 12 de maio não haviam mais vacinas nos postos da cidade. O estoque foi reabastecido na quarta-feira passada (13).

Diferente do que ocorreu nos anos anteriores, quando mais de 90% dos profissionais da saúde receberam a dose durante o período da campanha, hoje eles compõem o grupo com menor índice de vacinação, 28,63%. O grupo que mais se imunizou foi o de idosos (41,15%). Dos demais grupos, foram vacinados na cidade 38,15% das crianças; 29,24% das gestantes, 40,66% das puérperas.

Lorene Pedrosa

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Deixe um comentário!

Atenção! Os comentários do portal Últimas Notícias são via Facebook, se deseja comentar esteja logado. Lembre-se que os comentários são de inteira responsabilidade dos autores e não representam a nossa opinião.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!