O quadro clínico do cantor Pedro Dantas, 24 anos, apresentou uma melhora importante na tarde desta segunda-feira (23), segundo o diretor da UTI, Wandervan Azevedo. Pedro está internado há três dias no Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG), em coma induzido, após sofrer uma acidente de carro na manhã de sexta-feira (23).
Eles está sem febre desde o fim da manhã, o que é uma melhora importante, explicou Azevedo. O estado de saúde do jovem é extremamente grave.
Familiares e amigos do cantor comemoraram. Só essa informação já foi alegria muito grande, disse a assessora de Leonardo, Ede Cury. Segundo ela, o pai de Pedro ficou muito feliz com a notícia e deve visitar o filho no fim desta tarde.
Parada cardiorrespiratória
O estado do cantor havia piorado nesta madrugada, quando ele teve uma parada cardiorrespiratória. A família cogitava transferí-lo para São Paulo, mas, com a instabilidade do quadro, a equipe médica do IOG juntamente com a médica coordenadora do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, Ludmila Hajjar, avaliaram, na manhã desta segunda-feira (23), constataram que o jovem ainda não pode ser transferido para o hospital na capital paulista
Ede Cury, informou na manhã desta segunda-feira (23), que familiares foram pegos de surpresa com a notícia de que o cantor Pedro havia sofrido uma parada cardiorespiratória nesta madrugada. Nós não esperávamos por isso. Todos nós pensávamos que seria como uma viagem com escalas, ou seja, o tratamento passaria por etapas, começando por Itumbiara, passando por Goiânia e, em seguida, para São Paulo, e ele ficaria bem,disse.
Transferência
Em entrevista coletiva, Ludmila Hajjar informou que está em Goiânia para auxiliar na avaliação clínica do paciente. Diante de toda a gravidade, o quadro dele é bastante instável e, neste momento, não será possível removê-lo. Precisamos aguardar por uma estabilidade clínica maior, avalia. Ela explicou que, somente se Pedro mantiver essa estabilidade por um período de seis a oito horas sem alterações, a equipe voltará a pensar em transferência. Uma melhora pode levar horas e uma piora pode acontecer em segundos, alertou.

print
Comentários