Policiais Militares de Córrego Fundo se depararam com dois jovens, na noite dessa quinta-feira (2), na praça Vigário João Ivo em atitudes suspeitas. 

De acordo com a ocorrência da PM, um deles segurava um cão da raça pitbull pela coleira. Quando os policiais se aproximaram para abordar os jovens, o indivíduo que se encontrava com o cachorro, soltou o animal e o instigou a atacar os policiais.

O animal mordeu um dos militares, que, para se defender, usou a arma de fogo dele, matando o cão.

Os jovens, de 18 e 19 anos, foram presos e, no momento em que eram conduzidos para a delegacia, danificaram a viatura da Polícia Militar e ameaçaram os policiais de morte.

Os suspeitos já são conhecidos no meio policial. O de 18 anos tem passagem por crime de homicídio, ocorrido na mesma praça, em 24 de outubro de 2018, onde a vítima, um jovem do sexo masculino, de 21 anos, foi golpeado com uma faca e veio a falecer.

O outro jovem, de 19 anos, é suspeito de roubo, ocorrido em 13 de fevereiro na cidade de Pains.

O militar que foi mordido pelo cachorro foi encaminhado para atendimento médico. O animal foi recolhido por familiares dos jovens que lhe deram uma destinação adequada.

A Polícia Militar esclarece que, apesar da má reputação que a raça de pitbull recebe devido à criação inadequada dada por alguns criadores, nem todos os cães da raça são agressivos ou perigosos. Muito pelo contrário, a maioria deles não causa problemas, nem coloca ninguém em risco. O comportamento animal baseia-se exclusivamente no modo adequado de criação proporcionado pelo dono.

 

Fonte: Polícia Militar||

Imprimir

Comentários