Neste sábado (8), o diácono Carlos José Ramos dará mais um passo em sua vida religiosa. Ele será ordenado padre a partir das 16h, na Igreja de São Geraldo, no bairro Engenho de Serra. Toda a comunidade de Formiga e região está convidada.
A cerimônia será presidida pelo bispo diocesano Dom Antônio Carlos Felix. A primeira missa de Carlos será no domingo, às 9h30, na Matriz São Vicente Férrer.
O diácono Carlos José Ramos nasceu a 1º de março de 1969, em Padre Trindade, Zona Rural de Formiga, onde cresceu, estudou e trabalhou. Décimo primeiro filho de Francisco Teixeira Ramos e Efigênia Ângela da Costa Ramos, tem onze irmãos. Seu pai Francisco faleceu no Natal de 2006 e sua mãe Efigênia faleceu no Natal de 2008.
Carlos Ramos trabalhou na lavoura com os pais desde criança. Em 1992 participou da fundação de uma Cooperativa, um projeto desenvolvido em parceria com Obra Kolping para segurar os jovens na Zona Rural, projeto este que foi presidente por duas oportunidades e que ele permaneceu até a sua ida para o seminário. A Cooperativa é uma agroindústria de produção, beneficiamento e comercialização de polvilho de mandioca.
O religioso considera o seu chamado desde o seu batismo, que aconteceu no 8º dia de vida. Desde 09 anos de idade Diácono Ramos já queria ser padre, mas por não ter acesso aos estudos Fundamental e Médio, só decidiu assumir sua vocação depois que fez os estudos supletivos, após 17 anos sem estudar, aos 31 anos. Até lá sempre assumiu atividades pastorais na sua Comunidade Sagrado Coração de Jesus, na paróquia, como a Pastoral da Juventude Rural, e na Congregação, na coordenação da Missão Dehoniana Juvenil. Em 2000 participou da Jornada Mundial Juventude em Roma representando a juventude dehoniana.
O diácono Carlos José Ramos exerceu o seu diaconato na Paróquia São Pedro Apóstolo em Pindaré Mirim-MA de 22 de fevereiro até 27 de agosto. Retorna a Pindaré como padre e retoma sua atividade pastoral como vigário paroquial.
Como seus pais já faleceram, o acompanham na cerimônia os irmãos Geraldo e Maria do Socorro. Geraldo é o seu padrinho de crisma; Socorro foi quem o levou para batizar no lugar da mãe, sendo assim sua madrinha de representação. Os dois estão usando as alianças de seus pais, sinal vivo da presença deles, pois Diácono Ramos escolheu esta data de ordenação por completar hoje exatos 65 anos de matrimônio de seus pais Francisco e Efigênia. É a justa homenagem.
Histórico seminarístico:
Propedêutico: Taubaté-SP – 2001
Filosofia: Brusque-SC – 2002-2003
Postulantado: Jaraguá Sul-SC – 2004
Noviciado: Barretos-SP – 2005
Estágio Pastoral: Juara-MT – 2006-2007
Teologia: Taubaté-SP – 2008-2011
Votos Perpétuos: Taubaté-SP ? 11/02/2012
Ordenação Diaconal: Taubaté-SP ? 12/02/2012

print
Comentários