A Casa Divina Misericórdia (Fazendinha) foi reinaugurada neste domingo (21). A solenidade contou com a presença de autoridades e convidados.

Antes da reinauguração, houve uma missa celebrada pelo padre Aurélio e, em seguida, foi servido um café aos presentes

Mantida por doações em dinheiro pela comunidade e também donativos (alimentos), a casa acolhe dependentes de drogas e álcool. Aqueles que têm condições de contribuir colaboram com a quantia de meio salário mínimo. Quem não tem condições financeiras é acolhido assim mesmo. 

A casa tem capacidade para atender até 28 acolhidos. Os pretendentes ao acolhimento passam por uma entrevista com assistente social e psicólogo. Antes disso e mais importante, o pretendente tem de manifestar seu desejo de recuperação. Após a entrevista, o dependente passa por exames psiquiátricos e médicos, e só após estas avaliações ele estará apto ao acolhimento.

Agora com a reinauguração, o acolhido fica em tempo integral na casa pelo período de quatro meses, sempre com acompanhamento de um monitor nos dois turnos. Após esse período, o acolhido obedece a uma escala para visitar a família podendo ficar uma semana com os parentes, e após seis meses de internato o acolhido passa mais uma semana com a família. Ao completar nove meses de acolhimento, o acolhido recebe um certificado comprovando sua passagem pela casa. Em todo o período em que o acolhido estiver na casa, a família pode visitá-lo, sempre no primeiro domingo de cada mês.

Os acolhidos têm acompanhamento psicológico, espiritual, pedagógico e médico (quando necessário). Além disso, eles exercem funções (laborterapia), serviços voluntários como; limpeza do local, plantio de hortaliças, ordenha, cuidados com os animais, criação de peixes e galinhas, entre outras atividades.

A casa tem como mantenedora a Associação Dom José Antônio do Couto, ligada à Paróquia São Vicente de Férrer. O escritório funciona no Ginásio Vicentão e o telefone para contato é o (37)3321-7964. A partir do mês de julho a casa terá um telemarketing no intuito de arrecadar dinheiro e donativos para a casa.

A Casa Divina Misericórdia tem como presidente, Fernando José de Castro (Fernandinho da Galera) e vice-presidente Osmar Vaz, 1º  secretário, Geraldo Macedo, 2 º secretário, Danilo de Faria, 1º tesoureiro Márcio Gato, 2º tesoureiro Walter Arantes e  diretor espiritual Padre Aurélio da paróquia São Vicente Férrer. 

 

Confira as fotos da cerimômia de reinauguração:

print
Comentários