Casal é preso e menor é aprendido com drogas em Arcos

Os suspeitos foram conduzidos até a Delegacia de Polícia. O veículo foi removido para o pátio do socorro credenciado.

Os suspeitos foram conduzidos até a Delegacia de Polícia. O veículo foi removido para o pátio do socorro credenciado.

Na noite de quinta-feira (8), um casal foi preso e um menor apreendido no KM 55, da MG-170, próximo à comunidade da Ilha, em Arcos, suspeitos de traficarem drogas.
Após denúncia anônima na Sala de Operações da Polícia Militar, foi informado que três pessoas em um veículo estariam se deslocando até Lagoa da Prata para buscar drogas.
Foi montada uma operação com o apoio da seção de inteligência da Companhia, que se deslocou até a comunidade da Ilha em viatura descaracterizada, sendo identificado o veículo Fiat Stilo.
Em seguida, os militares passaram a informação à outra viatura que já aguardava mais à frente para que a abordagem fosse feita.
A jovem de 19 anos e um homem de 26 foram presos, e um menor de 15 anos apreendido. Durante a abordagem foi encontrado na boca do menor uma pedra de crack de tamanho considerável (que segundo militares renderia mais 100 pedras de tamanho comercial).
Durante buscas no veículo, foram localizadas mais três pedras de crack de tamanho comercial. A mulher disse em depoimento que seria companheira do maior, e que ele foi buscar ela na casa de parentes em Lagoa da Prata.
O menor disse a Polícia que em sua casa havia mais drogas. No local, foi encontrado um embrulho de plástico contendo sete pedras de crack prontas para o comércio (que segundo o menor seria vendido a R$ 50, cada.
Os suspeitos foram conduzidos até a Delegacia de Polícia. O veículo foi removido para o pátio do socorro credenciado.

print
Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Casal é preso e menor é aprendido com drogas em Arcos

Os suspeitos foram conduzidos até a Delegacia de Polícia. O veículo foi removido para o pátio do socorro credenciado.

Os suspeitos foram conduzidos até a Delegacia de Polícia. O veículo foi removido para o pátio do socorro credenciado.

 

Na noite de quinta-feira (8), um casal foi preso e um menor apreendido no KM 55, da MG-170, próximo à comunidade da Ilha, em Arcos, suspeitos de traficarem drogas.

Após denúncia anônima na Sala de Operações da Polícia Militar, foi informado que três pessoas em um veículo estariam se deslocando até Lagoa da Prata para buscar drogas.

Foi montada uma operação com o apoio da seção de inteligência da Companhia, que se deslocou até a comunidade da Ilha em viatura descaracterizada, sendo identificado o veículo Fiat Stilo.

Em seguida, os militares passaram a informação à outra viatura que já aguardava mais à frente para que a abordagem fosse feita.

A jovem de 19 anos e um homem de 26 foram presos, e um menor de 15 anos apreendido. Durante a abordagem foi encontrado na boca do menor uma pedra de crack de tamanho considerável (que segundo militares renderia mais 100 pedras de tamanho comercial).

Durante buscas no veículo, foram localizadas mais três pedras de crack de tamanho comercial. A mulher disse em depoimento que seria companheira do maior, e que ele foi buscar ela na casa de parentes em Lagoa da Prata.

O menor disse a Polícia que em sua casa havia mais drogas. No local, foi encontrado um embrulho de plástico contendo sete pedras de crack prontas para o comércio (que segundo o menor seria vendido a R$ 50, cada.

Os suspeitos foram conduzidos até a Delegacia de Polícia. O veículo foi removido para o pátio do socorro credenciado.

Redação do Jornal Nova Imprensa Portal Arcos

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Últimas Notícias