Uma jovem catarinense está leiloando sua virgindade para um documentário. Há dois anos, ela se inscreveu em um concurso para participar das gravações e foi escolhida, aos 18 anos, pelo produtor australiano Justin Sisely, para participar do projeto.
Hoje com 20 anos, Catarina Migliorini disse que decidiu tudo no impulso. Eu era novinha e, por ser virgem, decidi me candidatar. Era uma oportunidade de viajar, conhecer novas culturas, mas não esperava uma resposta, diz.
As filmagens do documentário começaram há cerca de um mês, em Bali, na Indonésia. O vídeo vai registrar a história da jovem e os preparativos para o leilão, até o dia em que deve ocorrer sua primeira noite.
Eles filmam meu dia a dia, meu novos amigos aqui, eu falando com a minha mãe, minhas reações, explica Catarina. O documentário não tem previsão de lançamento.
Já o site Virgins Wanted, onde os lances são dados, foi publicado no dia 15 de setembro. Até as 12h30 de ontem, dez lances tinham sido dados para comprar a virgindade de Catarina, que é natural de Itapema (SC). O lance mais alto foi feito ontem: US$ 155 mil (cerca de R$ 310 mil). O russo Alexander Stepanov também participa do projeto, e o lance mais alto para comprar sua virgindade até ontem era de US$ 1.000.
O último dia do leilão será em 15 de outubro, e a primeira relação de Catarina deve acontecer cerca de dez dias depois, em uma viagem de avião da Austrália até os Estados Unidos. Essa decisão foi tomada para que não tenha problema com a lei de nenhum país, diz.

print
Comentários