A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informou, nesta segunda-feira (14), que colocou imóveis à venda em cidades mineiras e também no estado de Goiás. A sessão pública será realizada no dia 23 de janeiro.

Segundo a estatal, o edital de licitação prevê a venda de um total de 46 imóveis urbanos e rurais em 27 municípios. A Cemig ainda informou que pretende arrecadar mais de R$ R$ 37 milhões.

Em Minas Gerais, eles estão localizados em todas as regiões do estado, incluindo um terreno em Belo Horizonte, na rua Juiz de Fora, esquina com a Avenida do Contorno, no Barro Preto. Na Região Metropolitana de Belo Horizonte, são ofertados também imóveis nos municípios de Betim e Santa Luzia.

No Sul de Minas, eles estão distribuídos nos municípios de Itajubá, Itutinga, Pouso Alegre, Machado, Santa Rita do Sapucaí, Nepomuceno, Passos, São Lourenço e São Gonçalo do Sapucaí.

No Norte de Minas, os municípios de Botumirim, Cristália, Francisco Dumont e Montes Claros possuem 13 imóveis no edital publicado.

Os cinco imóveis à venda no Triângulo Mineiro estão situados nas cidades de Centralina, Conceição das Alagoas, Uberaba e Uberlândia. Na Zona da Mata, os municípios com imóveis à venda são Piau e Bicas.

Também há oferta de imóveis em Itabira e em Pará de Minas, na Região Central, em Carmo do Cajuru, no Centro-Oeste, e em Governador Valadares, no Leste do estado.

Em Goiás, os imóveis estão localizados no município de São Simão.

De acordo com a Cemig, o imóvel mais caro fica em Uberlândia e custa R$ 6.798.730,00. Já o mais barato fica em Cristália e está avaliado em R$ 27.100.

Podem participar do pregão pessoas físicas e jurídicas. É necessário o cadastro e credenciamento, observando as exigências necessárias no Portal de Compras da Cemig.

Os interessados têm até as 9h30 do dia 23 para enviar as propostas. A sessão pública está agendada para as 10h.

 

 

 

 

 

Fonte: G1 ||

Imprimir

Comentários