Férias é período de descanso e diversão. Mas não dá para relaxar quando o assunto é segurança com energia elétrica. Para garantir que as crianças possam aproveitar o verão sem grandes problemas, é preciso que pais e responsáveis estejam sempre atentos e tomem alguns cuidados.

Com mais tempo livre em casa, as crianças utilizam equipamentos eletrônicos, como videogames, videokês, televisores, microcomputadores, tablets e celulares, mas é preciso atenção na hora de recarregá-los. O especialista da Cemig, Divino Barros Vieira, alerta que é muito perigoso recarregar esses aparelhos em cima de camas, sofás ou próximos a cortinas, toalhas de mesa ou qualquer outro material combustível. Esse cuidado evita o perigo de incêndios. O uso de “Ts” ou benjamins também não é aconselhado pelo especialista. O ideal é ligar um aparelho de cada vez.

“É importante lembrar que aparelhos eletrônicos não devem ser utilizados com as mãos molhadas ou em locais úmidos. Logo, não se deve levar smartphones, computadores e outros brinquedos eletrônicos para o banheiro, piscina ou praia”, alerta Divino. Outra dica importante é que nunca se deve manusear ou tentar consertar um aparelho enquanto ele está ligado. “Tire sempre o equipamento da tomada. Esse cuidado é fundamental também no banho, por isso, não mude a chave do chuveiro com ele ligado, verifique antes se a torneira foi totalmente desligada”, completa.

Principalmente em Minas Gerais, é comum que as crianças passem as férias em fazendas, sítios ou roças. Nesses locais, caso haja pomar, é preciso ficar atento se as árvores estão próximas da rede elétrica. Segundo Divino, as crianças não devem tentar colher frutas de árvores perto da rede, nem usar varas que alcancem os fios, isso pode causar choques elétricos perigosos. É preciso ressaltar que árvores plantadas nas ruas e próximas da rede só podem ser podadas pela Prefeitura, bombeiros e Cemig.

Apesar de ser uma brincadeira mais frequente nos meses de julho e agosto, soltar pipa requer cuidados durante todo o ano. Dessa forma, as crianças não devem soltar papagaios em dias de tempestade, nem próximo à rede elétrica. Caso a pipa fique presa nos fios de energia, a garotada não pode tentar retirá-la, pois há riscos de choque elétrico. Ao praticar a brincadeira, não é recomendado o uso de fio metálico ou cerol, uma vez que os materiais são condutores de eletricidade, que, além de gerar desligamentos na rede, podem também causar acidentes.

Tempestades

Em dias chuvosos, típicos dessa época do ano, as rajadas de ventos e descargas atmosféricas podem desregular as antenas de televisão. Nesses casos, as crianças não devem, em hipótese alguma, subir nos telhados para tentar ajustar os equipamentos, uma vez que, além do risco de queda, podem sofrer choques elétricos ou ser atingidas por raios. Em dias de tempestades, a recomendação é retirar os equipamentos elétricos das tomadas, evitando danos aos aparelhos e à segurança das pessoas.

Ao menor sinal de chuva, saia imediatamente da piscina ou do mar. A água é um condutor de eletricidade e atrai raios. Se estiver em um veículo, permaneça nele, feche os vidros e não encoste nas partes metálicas do carro.

As tempestades também podem causar rompimento de fios elétricos da rede de energia. Nesse caso, é imprescindível que todos se mantenham distantes do local. A recomendação é ligar imediatamente para o “Fale com a Cemig”, através do número 116.

O uso de celulares, tablets e notebooks, além de outros aparelhos com bateria interna recarregável, está liberado em dias chuvosos, desde que não estejam plugados na tomada no momento do uso. Os equipamentos também não devem ser manuseados em lajes ou em locais abertos, para que choques e acidentes sejam evitados.

 

Fonte: Assessoria Cemig ||

Imprimir

Comentários