Em tempos em que o isolamento social se faz necessário, é comum que os hábitos de consumo de energia da população mudem. Com o objetivo de proporcionar a oportunidade de redução do desperdício de energia e da parcela do orçamento destinada à conta de luz, a Cemig continua substituindo, por meio do Programa de Eficiência Energética, lâmpadas, chuveiros e geladeiras de famílias de baixa renda, observando os cuidados de higiene e distanciamento recomendados pelas autoridades de saúde.

O Cemig nas Comunidades, iniciativa que integra o Programa de Eficiência Energética da companhia, está atendendo, neste momento, famílias dos municípios de Papagaios, Pequi e São José de Varginha, onde 787 clientes serão beneficiados com a substituição de cinco lâmpadas ineficientes por outras de tecnologia LED, que, além de mais econômicas, apresentam maior durabilidade. Além disso, durante as visitas, os clientes recebem um frasco de álcool em gel e orientações sobre o uso racional da energia. O investimento da companhia previsto para o Cemig nas Comunidades em 2020 é da ordem de R$ 20 milhões.  

Ainda durante as visitas de eficiência energética, as famílias também podem ter a geladeira e o chuveiro substituídos. Para isso, a companhia realiza um levantamento segundo critérios de consumo e das condições em que o equipamento é encontrado. Vale ressaltar, ainda, que os equipamentos ineficientes são recolhidos e destinados à reciclagem.

Segundo o gerente de Eficiência Energética da Cemig, Ronaldo Lucas Queiroz, a iniciativa traz diversos benefícios, dentre os quais o de aproximar o cliente e permitir a orientação sobre hábitos que possibilitam a economia de energia. “Utilizar os aparelhos eletrodomésticos de forma correta ainda gera muitas dúvidas, e atitudes simples e diárias podem trazer diferenças significativas na conta de luz ao final do mês”, afirma.

Programa de Eficiência Energética e comunidades

As iniciativas do Programa de Eficiência Energética da Cemig em comunidades têm um largo histórico de investimentos, sendo destinados, desde 2008, mais de R$ 244 milhões, que beneficiaram clientes de baixa renda de 545 municípios mineiros.

Em 2018, a Cemig iniciou, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, um projeto de mesmo cunho, que, até março de 2020, já beneficiou mais de 70 mil famílias. Na etapa atual, a iniciativa visa o atendimento a outras 40 mil famílias de todo o estado.

O Programa de Eficiência Energética da Cemig é regulado pela Aneel e tem como objetivo aplicar, conforme legislação, o percentual estabelecido da receita operacional da companhia em ações que promovem o uso racional da energia elétrica e a redução do desperdício desse recurso com foco na sustentabilidade.

Fonte: Assessoria Cemig

Imprimir
Comentários