O Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, por meio do Instituto Estadual de Florestas (IEF) inaugurou, na sexta-feira (9), na comunidade do Corumbá, divisa de Arcos e Pains, o Centro de Interpretação Ambiental de Estação Ecológica.

O prédio do instituto, construído pela Companhia Siderúrgica Nacional/Arcos, em atendimento às condicionantes dos processos de licenciamento ambiental da mina da bocaina, proporcionará à comunidade novas oportunidades para as atividades de educação ambiental, de interpretação do ambiente e da vida humana.

O novo espaço abrigará um acervo de aproximadamente 100 peças arqueológicas, dentre elas machados líticos, batedores, urnas funerárias, fragmentos de cerâmicas, fóssil e uma réplica da cabeça de uma preguiça gigante. Além de um auditório para palestras e outras atividades educativas.

Várias autoridades marcaram presença como: o diretor geral do IEF, senhor Antônio Augusto Melo Malard; o prefeito de Arcos, Denilson Teixeira; o prefeito de Pains, Marco Aurélio Rabelo Gomes; e o vice Geraldo de Oliveira do Couto; a gerente da estação ecológica, Yustane Lerissa Veiga Lopes; o gerente geral de cimentos da CSN Arcos, Ednaldo Cruz Gomes; o secretário de Cultura de Arcos, Sérgio Garibaldi; o secretário de Meio Ambiente de Arcos, Robson Corrêa; o secretário de Meio Ambiente e Turismo de Pains, Lourenço Magela Silva Oliveira; e a promotora de Justiça, Juliana Amaral.

Homenagens

Após a execução do Hino Nacional, executado pelos músicos da Orquesta da Fundação CSN, e dos pronunciamentos, foram feitas homenagens aos colaboradores que prestaram relevantes serviços à estação ecológica e que contribuíram para o desenvolvimento e integração da unidade de conservação, permitindo que esta se tornasse referência em preservação e atendimento ao público.

São eles: José Wilson Neves (servidor aposentado do IEF, ex-gerente da estação ecológica, e hoje, membro do conselho consultivo); Adelton João da Silveira (monitor ambiental); Maxwel Rafalski do Rego (monitor ambiental); Paulo Sérgio Silveira (agente da estação ecológica); Gilmar Pereira de Sousa (viveirista); e João Alves da Cunha (viveirista).

“O Governo de Arcos se sente orgulhoso por poder participar deste importante acontecimento, que busca estimular a educação ambiental”, destacou a administração municipal de Arcos.

Visitas

O Centro de Interpretação Ambiental da Estação Ecológica do Corumbá ficará aberto para visitação de terça a quinta-feira, de 7h30 às 16h, e na sexta-feira de 7h30 às 15h, para dias úteis (feriados e pontos facultativos não abre. No caso da visita de grandes grupos, deverá ser feito agendamento pelo telefone do IEF – 37-3351-5487.

 

Imprimir

Fonte:

Prefeitura de Arcos