O Centro-Oeste de Minas ganhará uma obra que em muito vai contribuir para a melhoria no setor de saúde pública: trata-se de um Hospital Público Regional. A assinatura do convênio entre o Executivo de Divinópolis e o governo do Estado para iniciar a obra ocorreu no final do mês passado, no Palácio da Liberdade, quando o governador Aécio Neves assinou o documento para a liberação imediata de R$10 milhões para a construção. No total, serão investidos R$ 36 milhões, sendo que o hospital beneficiará a 56 municípios da região, entre eles Formiga, com cerca de 1,2 milhão de habitantes.
A solenidade de assinatura do convênio contou com as presenças do deputado estadual Domingos Sávio/PSDB, do prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, e da secretária municipal de saúde, Rosenilce Cherie Mourão.
Pelo projeto apresentado, o novo hospital terá instalações modernas e será ecologicamente correto, está sendo projetado para ser referência em qualidade de atendimento médico no país. Segundo o deputado Domingos Sávio, é um convênio sem precedentes na história de Divinópolis e da região Centro-Oeste. ?Desde o início do meu segundo mandato na Assembleia Legislativa, tenho lutado para ampliar a oferta de leitos hospitalares na região. O déficit de vagas em Divinópolis, pólo da macrorregião, sempre nos preocupou por saber que várias cidades buscam atendimento em Divinópolis. O nosso esforço junto ao governador para que construíssemos esse hospital vem ao encontro de uma demanda na área de saúde pública de toda a região? , ressalta o parlamentar.
A nova unidade hospitalar do Centro-Oeste será também um Hospital Escola para ensino e campo de estágio de alunos dos cursos da área da saúde existentes nas universidades de Divinópolis, como a Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) e Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG).

Estrutura
De imediato, a obra orçada em R$ 36 milhões possibilitará a construção de uma unidade hospitalar com 220 leitos, 20 deles para CTI. A previsão é de que o hospital chegue a ter até 500 leitos. A estrutura contará com modernas salas de cirurgias, CTI adulto, infantil e neonatal, capela ecumênica, Pronto Socorro, maternidade de alto risco e banco de leite. O Pronto Socorro para atendimento à macrorregião atenderá, em média, 300 pacientes por dia.
Para o desenvolvimento do projeto de engenharia, foram disponibilizados R$1,1 milhão e outros R$8,9 milhões serão liberados ainda em outubro para dar início às obras do novo prédio, que será construído próximo à Universidade Federal de Divinópolis, localizada no bairro Chanadour. ?Conseguimos, com o apoio e a articulação do deputado Domingos Sávio, que esse convênio fosse realmente um marco na história de nosso município, já que é um convênio sem contrapartida do município, no valor de R$ 36 milhões repassados pelo Estado a fundo perdido, em um cronograma de desembolso previsto até 2011. Outro ponto fundamental, que contou com o apoio do deputado, foi uma emenda no Plano Plurianual do Estado, para dar a legalidade do convênio existir? ressaltou o prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo.
O médico e arquiteto Domingos Fiorentini, responsável pela elaboração dos projetos arquitetônico e estrutural do Hospital Público de Divinópolis, garante não se trata de fazer mais um hospital. ?Estamos construindo em Divinópolis o hospital público mais moderno do Brasil. Ele traz uma proposta de evolução de vanguarda em todos os níveis: de gestão, operacional, arquitetura, engenharia e no que diz respeito ao meio ambiente?.
Para a construção do hospital, a administração de Divinópolis está adquirindo uma área de 70 mil metros quadrados. O terreno já foi desapropriado e está em fase avançada de negociação com os proprietários.

print
Comentários