Quatro ônibus clandestinos foram apreendidos nesta segunda-feira (26) no posto da Polícia Rodoviária Federal em Bom Despacho. Os policiais rodoviários federais e fiscais da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) montaram uma operação para surpreender motoristas que fugiam da fiscalização no Alto Paranaíba.
Dois deles seguiam para o Ceará, com passageiros que optaram pelo transporte clandestino para economizar. Todos os veículos estavam com a licença da ANTT vencida e não tinham autorização para viagens interestaduais.
A operação começou no Triângulo e Alto Paranaíba, mas segundo a polícia muitos motoristas ao saberem da fiscalização mudaram de rota. O que eles não contavam é que uma barreira seria montada em Bom Despacho.
Em 11 dias de operação, cerca de mil ônibus passaram pela fiscalização. Setenta e seis foram apreendidos. Além da falta da documentação exigida, as condições de alguns dos veículos comprometem a segurança dos passageiros. Pneus carecas, excesso de carga. Num bagageiro, por exemplo, tinham duas motos. Dentro do ônibus irregularidade no tacógrafo e improviso na poltrona de descanso do motorista. Apesar disso, a dona de um dos ônibus, Maria Aldenira, se sentiu injustiçada.
Ônibus de empresas regularizadas foram solicitados pela polícia para levar os passageiros.Em Araguari, um ônibus com 45 passageiros foi detido nesta segunda-feira (26), pela Polícia Rodoviária Federal. Segundo fiscais da ANTT, o certificado de registro de fretamento que o veículo usava era falso. O veículo, com placa de Campinas, voltava de Caldas Novas, Goiás.

print
Comentários