Morreu por volta das 6h30 desta segunda-feira (19) na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo a nona vítima do desabamento na Igreja Cristã Apostólica Renascer em Cristo, no Cambuci, Zona Sul de São Paulo, ocorrido neste domingo (18). Segundo a assessoria de imprensa do hospital, Luiza Silva, de 62 anos, morreu em decorrência dos ferimentos sofridos no acidente. Outras oito mulheres morreram e 96 pessoas ficaram feridas.
Engenheiros e técnicos da Defesa Civil de São Paulo e da Subprefeitura da Sé estão fazendo vistorias neste momento em imóveis vizinhos à Igreja Renascer, na Avenida Lins de Vasconcelos, no Cambuci, na zona sul da capital, segundo informações da Defesa Civil.
Os feridos foram levados para 15 hospitais e dois pronto-socorros em diversos pontos da capital. Muitos tiveram fraturas múltiplas, e até afundamento de crânio e membros.
As causas do acidente devem ser divulgadas depois que a perícia, que começa nesta segunda (19), terminar.
O governador de São Paulo, José Serra, e o prefeito da cidade foram ao local do desabamento e a um hospital visitar vítimas.
De acordo com Serra, em princípio, a situação do prédio está regular no que se refere a documentos de alvará e de manutenção.
O templo onde ocorreu o acidente é a sede mundial da igreja, com capacidade para cerca de 2 mil pessoas. No local, em dezembro de 2005, ojogador de futebol Kaká se casou.

Atualizado às 10h15 de 19/01.

print
Comentários