Uma chuva de granizo deixou pelo menos 11 pessoas feridas e causou estragos na cidade de Botelhos, no Sul de Minas, neste fim de semana. A tempestade, acompanhada de granizo e ventos fortes, caiu por volta das 19h de sábado (27) e durou cerca de 20 minutos. As pedras de gelo atingiram casas e carros e, depois de 12 horas, ainda estavam no chão.
Mesmo com pouco tempo de duração, o temporal foi o suficiente para derrubar a cobertura de um ginásio da cidade e uma parte caiu sobre o prédio da Prefeitura, as estruturas metálicas de dois postos de combustíveis também caíram, atingindo nove carros e dez pessoas sofreram ferimentos leves.
Diversos prédios públicos foram danificados e as quedas de árvores interditaram ruas da cidade e interromperam por aproximadamente três horas o fornecimento de energia elétrica. Na ocorrência mais grave, uma árvore caiu sobre um veículo e o motorista – cuja identidade não foi divulgada – precisou ser transferido para a Santa Casa de Poços de Caldas, com suspeita de fratura na coluna.
O vento forte e as pedras de gelo também causaram danos em residências e em lavouras de café na área rural. O município não possui Defesa Civil e contou com a ajuda de cidades vizinhas para os trabalhos de limpeza.
Para esta segunda-feira (29), quando é comemorado o dia de São Pedro, santo popularmente conhecido por ?controlar as chuvas? e também como o padroeiro dos pescadores, não há previsão de chuva para o Sul de Minas Gerais.

print
Comentários