A chuva forte em Minas deve dar uma trégua a partir desta terça-feira (3). A previsão da meteorologia é que a frente fria que está no Estado irá perder força.
Hoje (segunda), a previsão ainda é de chuva em todo o Estado, sendo que o acumulado de 48 horas, contadas a partir das 8h de ontem, pode chegar a 80 mm. No mês passado, Belo Horizonte viveu o dezembro mais chuvoso de sua história.
De acordo com o Instituto de Meteorologia MinasTempo, nos 31 dias do mês, foram registrados 789 mm de chuvas na capital. O volume é 147% maior que os 319 mm da média histórica. Na capital, o recorde de tempestade no ano aconteceu no último dia 12, quando choveu 85 mm em apenas 40 minutos.
Após a virada do ano, entre 0h e 8h, choveu na capital 53 mm, quase metade dos 100 mm previstos e que levaram a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) e o Corpo de Bombeiros a montarem uma força-tarefa de salvamento para eventuais ocorrências graves de alagamento.
Balanço da Defesa Civil divulgado ontem apontou que nas 12 primeiras horas do ano foram registradas 22 ocorrências na capital entre alagamentos, deslizamentos, desabamentos e quedas de árvores.
A mais grave foi no Morro do Papagaio, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.

print
Comentários