O novo prefeito de Elói Mendes, no Sul de Minas, Paulo Roberto Belato (PV) tomou posse na sexta-feira (9)

Ele assume o cargo após vencer as eleições suplementares realizada no município com quase 54% dos votos válidos. Os antigos prefeito e vice tiveram os mandatos cassados pela Justiça.
Paulo Roberto Belato Carvalho assume o cargo pela quarta vez. Segundo ele, o orçamento do município está baixo e alguns setores da Prefeitura estão com poucos recursos.
“Todas as prefeituras estão com dificuldades e Elói Mendes não é exceção. Mas nós esperávamos que o município estivesse em melhor situação em que está, mas a perspectiva que nós temos é que pegamos poucas coisas a fazer e que vamos dar conta de melhorar saúde, educação, as estradas rurais e se possível emprego, porque faz 15 anos que não se instala nenhuma indústria dentro de Elói Mendes”, disse o novo prefeito eleito.

O prefeito interino, José Ricardo Pereira (PTB), rebateu a fala do novo prefeito e disse que entrega o cargo com dinheiro em caixa.
“Ontem era R$ 6,2 milhões hoje deixei mais R$ 400 mil lá e foi para R$ 6,6 milhões. Está disponível para segunda-feira, já está no caixa, pode gastar”, disse o prefeito interino José Ricardo Pereira (PTB).
O novo vice-prefeito, José Horácio Bueno Martins, também do PV, já foi vereador em Elói Mendes. Juntos eles terão menos de 1 ano e meio de mandato.
A solenidade de posse aconteceu na Câmara de Vereadores, que ficou lotada. Do lado de fora, mais pessoas se aglomeraram para acompanhar a cerimônia.

Novas eleições
As novas eleições suplementares foram marcadas devido à cassação da chapa eleita em 2016, do prefeito William Cadorini e do vice Marcos Miranda Sodré, ambos do PDT, pela realização de uma festa no Parque de Exposições, paga pela prefeitura, o que foi considerado promoção em plena campanha eleitoral.
Os mandatos foram cassados em maio de 2017 e desde aquela data, era aguardada uma nova eleição municipal, que aconteceu no dia 7 de julho deste ano.

 

 

Imprimir

Fonte:

G1