A partida contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira (23/09), abre uma série de cinco jogos do Cruzeiro contra equipes que estão à sua frente no Campeonato Brasileiro. A equipe mineira quer utilizar essa sequência para diminuir a diferença para a ponta da tabela
Depois de enfrentar o líder Palmeiras, em casa, o Cruzeiro joga duas vezes longe de seus domínios, contra o Grêmio Barueri, oitavo colocado, na Arena Barueri, e contra o Avaí, décimo colocado, na Ressacada. A sequência será encerrada com duas partidas no Mineirão, diante dos atuais quinto e quarto colocados, Goiás e Atlético-MG.
?Temos uma sequência muito importante até o jogo contra o Atlético Mineiro, então a gente espera que seja da melhor maneira possível dentro de campo e consiga os bons resultados?, afirmou o goleiro Fábio. Ele observa, que nos dois últimos jogos o Cruzeiro enfrentou equipes à sua frente. Após perder por 2 a 1 para o São Paulo, no Mineirão, o time celeste venceu o Internacional, por 3 a 2, em Porto Alegre.
?Desde a partida contra o São Paulo, a gente esteve muito perto de conseguir uma vitória, infelizmente, por detalhes, a gente saiu derrotado. Mas ficou o pensamento de fazer uma excelente sequência para o Cruzeiro alcançar as metas no Brasileiro. O jogo contra o Inter foi fundamental para recuperar esses pontos perdidos dentro do Mineirão contra o São Paulo?, comentou Fábio.
No total, o Cruzeiro terá nove dias de preparação para essa sequência, já que o jogo diante do Palmeiras foi adiado para quarta-feira (23), a pedido da televisão. Nesse período, o time mineiro está tentando recuperar desde o início desta semana jogadores lesionados, como os atacantes Wellington Paulista e Kléber, os laterais Jonathan e Jancarlos e o volante Fabinho.
?É importante para recuperar jogadores que já estão há algum tempo sem atuar. Vai ser bom para termos jogadores importantes para esse momento que teremos pela frente contra equipes difíceis. Vai ser válido para o Cruzeiro tirar proveito e fazer um bom trabalho nesses dez dias?, completou Fábio.

print
Comentários