O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste (CIS-URG) esclarece que os atendimentos prestados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) não estão ameaçados em nenhum município por falta de equacionamento das dívidas.

O Consórcio, por meio de seu Secretário Executivo José Marcio Zanardi, reitera ainda, que em nenhum momento foi divulgado o nome de qualquer município que esteja em débito.

Equipes do Cis-Urgtêm feito contato diário com as prefeituras que devem mensalidades, para que regularizem suas situações e assim não haja nenhuma interrupção do Serviço.

Sobre Divinópolis, foi informado que representantes do município fizeram contato com o Consórcio em um momento anterior à Assembleia Ordinária, realizada na segunda-feira (7) para negociação. Portanto, o município não é considerado inadimplente.

 

Fonte: Assessoria Samu ||

Imprimir

Comentários