Uma pesquisa feita pela Nielsen, no primeiro semestre deste ano, houve crescimento de 3% nas vendas das 44 categorias pesquisadas em 8.400 domicílios brasileiros. As classes D e E foram responsáveis por 50% do aumento de vendas de alimentos e produtos de higiene e limpeza comercializados em supermercados, de acordo com o estudo.
Do total pesquisado, 36% eram referentes às classes D e E. E eles venceram o medo da crise e aumentaram em 4% a frequência de visitas aos supermercados, em comparação com os primeiros seis meses de 2008. A pesquisa reforça ainda que o consumo dos produtos analisados já voltou ao nível do período pré-crise.
Segundo a pesquisa, 42% das categorias analisadas apresentaram crescimento, e outros 31% estabilizaram diante dos números do primeiro semestre de 2008.

print
Comentários