Neste domingo (4), às 17h, Sete Lagoas vai sediar aquele que, para muitos, está sendo tratado como o ?clássico do século?. Cruzeiro e Atlético entram em campo com objetivos distintos, mas importantes, na partida válida pela última rodada do Brasileirão 2011.
De um lado, o Cruzeiro luta simplesmente contra uma queda inédita para a Segunda Divisão. A equipe de Vagner Mancini perdeu uma grande chance na rodada passada, quando cedeu o empate ao Ceará nos minutos finais de um jogo no qual a vitória bastaria para afastar de vez o fantasma do rebaixamento.
Contra o Galo, o Cruzeiro pode permanecer na Série A até se perder o embate, mas o risco é muito grande. Já que, para tal, seria necessário que Ceará e Atlético/PR também tropecem em seus compromissos contra Bahia e Coritiba, respectivamente.
Do lado alvinegro, o clima é de mais tranquilidade. Em primeira instância, na ótica da tabela, a equipe de Cuca luta por uma vaga na Copa Sulamericana de 2012. Uma vitória garante matematicamente o objetivo.
Porém, a ambição maior dos torcedores atleticanos é que a equipe colabore para uma queda histórica do rival. Caso vença o Cruzeiro, o Galo torcerá para que Ceará ou Atlético/PR vençam seus compromissos e decrete oficialmente o primeiro rebaixamento do clube celeste em 90 anos.

Confiança para driblar os problemas
Acostumado a atuar bem e marcar gols em clássicos, o atacante Wellington Paulista sabe da responsabilidade que terá no domingo e das dificuldades que irá encontrar em campo, já que o setor defensivo do Atlético é o que menos sofreu gols no returno. Mesmo assim, o atacante azul espera balançar as redes. ?São jogadores de qualidade. O Réver já passou pela seleção há um tempinho. O próprio Leonardo Silva esteve aqui e a gente já conhece e sabe do futebol que ele tem. O Pierre, que joguei junto no Palmeiras, também é um grande jogador. Vai ser um jogo difícil, já que eles estão vivendo um bom momento. Perdemos o Montillo, que é um grande jogador, mas temos o Roger que é outro grande jogador, grande lançador, bom passe. Ele sabe como eu atuo também e vamos fazer de tudo para vencer. O mais importante é vencer, estamos pensando somente nisso. É fazer gol e comemorar com torcedores para conseguirmos sair dessa situação?, disse.

Objetivo próprio
Durante a semana, os jogadores do Atlético andaram evitando dar declarações na linha ?rebaixar o rival?. Em todas as entrevistas, o foco dos atletas atleticanos era sobre a possível conquista em uma vaga para a Sulamericana. ?O clássico tem a sua importância e tudo que o envolve é diferente. É um jogo que todo jogador quer jogar, que todos assistem e mexe com todas as pessoas que vivem em nosso Estado. Será sempre um jogo especial. Nosso objetivo é buscar a vaga na Sul-Americana, que seria muito importante. Temos que entrar com tudo no domingo, independente de ser clássico, para que a gente consiga assegurar essa vaga?, disse o volante Fellipe Souto.

Imprimir
Comentários