O cliente de um posto de combustíveis que atirou em um rapaz, de 20 anos, que tentou assaltar um posto de combustíveis no distrito de Marilândia, em Itapecerica, no sábado (26), se apresentou na delegacia nessa segunda-feira (28).

De acordo com o delegado regional, Leonardo Pio, o jovem de 25 anos é agente penitenciário no presídio Floramar, em Divinópolis, e alegou que fugiu do local após o fato porque estava com a família e temia que os outros assaltantes voltassem.
O delegado informou que a arma usada por ele era legalizada e as investigações apontam para um caso de legítima defesa. Ele está em liberdade, contudo, um inquérito policial foi instaurado com previsão de conclusão em 30 dias.
As investigações para apurar o roubo ao posto de combustíveis também continuam.

Caso

Segundo a Polícia Militar, o jovem estava em um Toyota/Corola juntamente com mais dois indivíduos. Após abastecerem o veículo, o jovem saiu do carro com um revólver calibre 38 e anunciou o assalto.  Outro indivíduo saiu do carro e roubou R$180 do frentista.

Durante a ação dos bandidos, um motociclista que estava esperando para abastecer o veículo efetuou dois disparos de arma de fogo contra o jovem. Ele foi atingido no peito e na barriga e faleceu no local.  O motociclista fugiu assim como os outros dois assaltantes.

 

 

 

 

Fonte: G1 ||

Imprimir

Comentários