Redação Últimas Notícias

Clientes da operadora Vivo enfrentam problemas para fazer ligações e acessar a internet nesta quinta-feira (19), em Formiga. Diversas pessoas que utilizam o celular como instrumento de trabalho relataram ao Últimas Notícias os prejuízos por conta da situação.

Falhas na prestação de serviço Vivo são recorrentes em Formiga e região. Em março de 2017, o Procon do município notificou a empresa solicitando esclarecimentos. Mesmo com a cobrança, os clientes continuaram tendo prejuízo. No ano passado, mais uma falha foi registrada em Formiga. Na época clientes do Espírito Santo também foram prejudicados.

Pane na Vivo

De acordo com o portal TechTudo, na sexta-feira passada (13),  a internet 4G da Vivo sofreu uma pane em diversas capitais do país. Na ocasião, a operadora esclareceu em nota que clientes “podem ter encontrado dificuldades ao utilizar serviço de dados móveis” e disse também que “o serviço já foi regularizado”.

Segundo o site DownDetector,  hoje os relatos de instabilidade se concentram nas regiões Sul e Sudeste. Houve aumento nas queixas provenientes das seguintes cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Salvador, Manaus, Campinas (SP) e Recife. Quase 90% dos problemas mais notificados são em relação à falhas no acesso à internet.

Desconto na fatura

O Procon Regional de Formiga orienta aos clientes da operadora a requerer à Vivo o desconto proporcional na fatura referente ao período em que houve a ausência no sinal ou restituição referente aos dias em que o serviço não foi corretamente prestado. “Caso o requerimento não seja atendido pela operadora, os consumidores que se sentirem lesados ou necessitarem de algum esclarecimento devem comparecer ao Procon, apresentando documentos pessoais, fatura a ser contestada, bem como o número de protocolo de contestação fornecido pela operadora Vivo”.

O Procon Regional está localizado na rua Lassance Cunha, 82, no Centro. O funcionamento do órgão é de segunda a sexta-feira, de 8h às 11h30 e de 12h30 às 17h. O telefone de contato é o (37) 3329-1830.

Imprimir