A despeito dos riscos da pandemia de COVID-19, que matou 4,1 mil pessoas em Minas Gerais – 107,8 mil em todo o Brasil – centenas de pessoas se reuniram na tarde desse domingo (16) para uma comemoração em um clube de Belo Horizonte. O local fica na Região Nordeste da capital.

Nas imagens, que circulam nas redes sociais, os convidados se aglomeram e curtem um show de pagode à beira da piscina. Segundo o Decreto 17.406, editado pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD) em 5 de agosto, os clubes estão proibidos de funcionar. Espaços desse tipo só serão liberados na fase 3 da flexibilização do isolamento social. Em BH, ainda estão vigentes os protocolos da fase 1. 

Ao Estado de Minas, o dono do sítio, que se identificou apenas como Paulinho, e a mãe dele, Maria, disseram, por telefone, que o espaço está funcionando normalmente. Paulinho, no entanto, disse que só falaria a respeito da festa realizada no domingo pessoalmente. 

Matéria do Estado de Minas

Imprimir
Comentários