Priscila Rocha

Com o objetivo de valorizar e promover a arte literária dos formiguenses, o Clube Literário Marconi Montoli (CLMM) lançou na sexta-feira (7) a abertura do concurso 6º Troféu Formiga de Letras.

Neste ano, o concurso celebra os 30 anos de fundação do CLMM. O evento  premiará os melhores trabalhos com troféus e certificados. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de agosto e a premiação ocorrerá no dia 20 de outubro.  As categorias são: conto, poesia, redação e trova comtemalivre. Podem participar formiguenses natos ou residentes no município há no mínimo cinco anos com idade mínima de 10 anos.

Serão premiados três trabalhos de cada categoria. O concurso contará ainda com as premiações extras: escola destaque e professor destaque.

Será cobrada uma taxa simbólica de R$5 para cada trabalho inscrito. O valor deverá ser depositado na conta bancária do CLMM, na Caixa Econômica Federal, agência 0115, operação 013, conta 15345-8.

Os trabalhos devem ser encaminhados juntamente com uma cópia do comprovante de depósito para a Biblioteca Formiga de Letras (Bibliofole/Colecult) à rua Marinha Gertrudes, 55, bairro Novo Horizonte.

Para mais informações os interessados podem entrar em contato com Paulo José pelo telefone (37)9 9923-8122 ou pelo e-mail: pajo121@yahoo.com.br. O regulamento do concurso também pode ser solicitado pelo e-mail.

Nova diretoria

Durante o evento de abertura realizado na Academia Corpo e Movimento, o Clube Literário Marconi Montoli elegeu a nova diretoria para o biênio 2017/2019.

Apenas uma chapa apresentou interesse, a qual foi aprovada e empossada sendo:

Presidente: Paulo José de Oliveira;
Vice-presidente: Neusa Maria de Almeida;
1ª Secretária:Lislei Aleina Dias;
2ª Secretária: Cristiane Simões;
Primeiro tesoureiro: Flávio Henrique H. Coutinho;
Segundo tesoureiro: Paulo Márcio da Silva;
Bibliotecária: Virgínia Alves Vaz;
Conselheiros fiscais efetivos: Gilson Eddy Vieira, Guilherme Antônio de Freitas Moreira, e Wilson Alves Figueira;
Conselheiros fiscais suplentes: Osório Geraldo Garcia, Paulo César Pacheco, e Paulo Bonifácio Ribeiro.

Imprimir

Comentários