Minas Gerais bateu o recorde de novas infecções por Covid neste sábado (9), ultrapassando, pela primeira vez, a casa dos 8 mil desde o início da pandemia, em março do ano passado.

De acordo com boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, foram 8.399 testes positivos apresentados nas últimas 24 horas, mantendo a tendência de alta verificada desde quarta-feira.

Por três dias consecutivos, de quarta a sexta, o número de infectados passou de sete mil no período de um dia. Na quarta (6), foram contabilizados 7.715 novos casos. Na quinta (7), 7.250. Na sexta (8), 7.812. 

Com estes números, Minas Gerais caminha rapidamente para chegar aos 600 mil infectados, que poderá ser alcançado no início da próxima semana. Atualmente são 587.868 casos verificados desde março.

A Secretaria informa que 526.820 já se recuperaram de Covid-19. Já 48.454 continuam em tratamento.

Óbitos

No boletim deste sábado, foram informadas 125 mortes nas últimas 24 horas.Na sexta, foram 103 vidas perdidas. Ao todo, são 12.594 óbitos no Estado.

Por conta dos números elevados, além das altas taxas de ocupação de leitos de UTI e de leitos de enfermaria, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) decretou que apenas o comércio essencial poderá funcionar na cidade a partir de segunda-feira (11).

A medida, publicada nesta sexta no Diário Oficial do Município, determina que as atividades não essenciais ficarão suspensas por tempo indeterminado.

Fonte: Hoje em Dia

Imprimir
Comentários