Com gols de Dátolo e Luan, Atlético vence Democrata e volta ao topo

Galo agora volta suas atenções para o duelo com o Colo-Colo, na próxima quarta-feira, em Santiago, pela Libertadores

Galo agora volta suas atenções para o duelo com o Colo-Colo, na próxima quarta-feira, em Santiago, pela Libertadores

No seu último ensaio antes da estreia na Copa Libertadores, o Atlético venceu o Democrata-GV por 2 a 1, na noite deste sábado, na Arena Independência, em jogo que fechou a terceira rodada do Campeonato Mineiro. Dátolo e Luan fizeram os gols do alvinegro, que com o resultado reassumiu a liderança da competição. João Paulo descontou para a Pantera.
O Galo só volta a jogar pelo Estadual no próximo sábado, dia 22, novamente no Independência, quando vai fazer o clássico contra o América. Antes, na quarta-feira, dia 18, a equipe comandada pelo técnico Levir Culpi vai enfrentar o Colo-Colo, às 22h, no Estádio Monumental, em Santiago, no Chile, no seu primeiro compromisso pelo grupo 1 do torneio continental.
Apesar de a partida diante do Colo-Colo ser a principal meta do Atlético, o técnico Levir Culpi não quis saber de poupar jogadores contra o Democrata-GV. O treinador alvinegro escalou praticamente a mesma equipe que deverá começar o confronto com os chilenos.
A única mudança em relação ao time que nos dois primeiros jogos do Estadual venceu o Tupi e o Mamoré foi a entrada de Maicosuel no lugar de Carlos. O treinador justificou a escalação afirmando que Maicosuel precisava ganhar ritmo.
Com mais posse de bola e chegando em velocidade pelo lado esquerdo, o Atlético abriu o placar aos 8 min com Dátolo após um passe de Pedro Botelho. Antes do encerramento do primeiro tempo, o alvinegro acabou sofrendo duas baixas.
Deixaram o campo contundidos o lateral-direito Marcos Rocha e o atacante Lucas Pratto, que foram substituídos por Patric e Jô. Ainda no Independência, o departamento médico do Atlético confirmou que os dois jogadores sofreram contusão no músculo posterior da coxa esquerda e estão vetados para o jogo de estreia na Libertadores.
O Atlético voltou para a etapa complementar com a mesma determinação ofensiva e aos 11 min ampliou a vantagem com um gol de Luan após cruzamento de Dátolo. Existia uma expectativa da estreia do meia Cárdenas, mas o técnico Levir Culpi preferiu tirar Dátalo, que correu bastante, para a entrada de Dodô. O argentino levou o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o América no domingo. Preocupado com o jogo da quarta-feira, o Galo diminuiu o ritmo nos minutos finais. O Democrata-GV ainda diminuiu a desvantagem aos 43 min com João Paulo, mas o alvinegro segurou o resultado.

print
Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Com gols de Dátolo e Luan, Atlético vence Democrata e volta ao topo

Galo agora volta suas atenções para o duelo com o Colo-Colo, na próxima quarta-feira, em Santiago, pela Libertadores.

Galo agora volta suas atenções para o duelo com o Colo-Colo, na próxima quarta-feira, em Santiago, pela Libertadores.

 

No seu último ensaio antes da estreia na Copa Libertadores, o Atlético venceu o Democrata-GV por 2 a 1, na noite deste sábado, na Arena Independência, em jogo que fechou a terceira rodada do Campeonato Mineiro. Dátolo e Luan fizeram os gols do alvinegro, que com o resultado reassumiu a liderança da competição. João Paulo descontou para a Pantera.

O Galo só volta a jogar pelo Estadual no próximo sábado, dia 22, novamente no Independência, quando vai fazer o clássico contra o América. Antes, na quarta-feira, dia 18, a equipe comandada pelo técnico Levir Culpi vai enfrentar o Colo-Colo, às 22h, no Estádio Monumental, em Santiago, no Chile, no seu primeiro compromisso pelo grupo 1 do torneio continental.

Apesar de a partida diante do Colo-Colo ser a principal meta do Atlético, o técnico Levir Culpi não quis saber de poupar jogadores contra o Democrata-GV. O treinador alvinegro escalou praticamente a mesma equipe que deverá começar o confronto com os chilenos.

A única mudança em relação ao time que nos dois primeiros jogos do Estadual venceu o Tupi e o Mamoré foi a entrada de Maicosuel no lugar de Carlos. O treinador justificou a escalação afirmando que Maicosuel precisava ganhar ritmo.

Com mais posse de bola e chegando em velocidade pelo lado esquerdo, o Atlético abriu o placar aos 8 min com Dátolo após um passe de Pedro Botelho. Antes do encerramento do primeiro tempo, o alvinegro acabou sofrendo duas baixas.

Deixaram o campo contundidos o lateral-direito Marcos Rocha e o atacante Lucas Pratto, que foram substituídos por Patric e Jô. Ainda no Independência, o departamento médico do Atlético confirmou que os dois jogadores sofreram contusão no músculo posterior da coxa esquerda e estão vetados para o jogo de estreia na Libertadores.

O Atlético voltou para a etapa complementar com a mesma determinação ofensiva e aos 11 min ampliou a vantagem com um gol de Luan após cruzamento de Dátolo. Existia uma expectativa da estreia do meia Cárdenas, mas o técnico Levir Culpi preferiu tirar Dátalo, que correu bastante, para a entrada de Dodô. O argentino levou o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o América no domingo. Preocupado com o jogo da quarta-feira, o Galo diminuiu o ritmo nos minutos finais. O Democrata-GV ainda diminuiu a desvantagem aos 43 min com João Paulo, mas o alvinegro segurou o resultado.

Redação do Jornal Nova Imprensa O Tempo

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Últimas Notícias