Em tempos de Covid-19 a ordem é ficar em casa. Assim é possível evitar o contágio e não sobrecarregar os hospitais. A gente sabe que a quarentena é um remédio amargo e um desses efeitos colaterais são os danos causados no bolso dos cidadãos.

Ruas quase desertas e lojas, restaurantes e hotéis com pouca gente

afetam de forma drástica o universo do empreendedorismo.

No entanto, para evitar que 2020 seja um total desperdício, é possível contar com duas aliadas importantes para superar a crise: a internet e a criatividade.

Se for para ficar em casa, por que não investir em um negócio online, que permite obter certo lucro? A ideia parece ótima, mas você sabe como colocá-la em prática? É exatamente esse assunto que iremos abordar nesse texto.

Foto: pexels.com/divulgação

A casa é sua, faça dela a sua empresa

Antes mesmo da quarentena muitas empresas já adotavam a prática do famoso Home Office. Os motivos para isso são vários, pois produtividade dos colaboradores e mais economia com transporte e alimentação são apenas alguns deles.

Contudo, mesmo que você não trabalhe em uma empresa, ainda assim é possível adotar o seu próprio Home Office.

A solução está na internet! Invista em um hobby que você domina, um ofício do seu interesse, e venda esse seu serviço, esse seu conhecimento justamente pela web.

Lembre-se que o primeiro passo para isso é ter um site. É necessário contar com uma boa presença online para divulgar o seu serviço ou produto e um site será o grande aliado nessa empreitada.

Por isso, você já pode escolher a plataforma para a criação de um site, pois alternativas não faltam.

O WordPress, o Zyro e o Wix são três boas plataformas que vão ajudar muito você. Além disso, não dá para esquecer de outros detalhes importantes: a hospedagem de site e o domínio.

É graças a uma boa hospedagem e um registro de domínio que o site do seu negócio vai ganhar credibilidade, transmitindo para os clientes confiança e profissionalismo.

Foto: pexels.com/divulgação

Ideias para ganhar dinheiro em casa em tempos de quarentena

Se você já tem um computador e internet, então você já tem boa parte do seu projeto home office praticamente pronto.

Sendo assim, conheça a seguir algumas dicas de atividades lucrativas que você pode exercer em casa.

Invista em uma franquia

Em um primeiro momento uma franquia pode até demandar um grande investimento. Contudo, para quem quer empreender, ela se torna uma alternativa viável para a redução dos riscos na abertura de um negócio.

As franquias já contam com modelos testados pelo mercado, vários clientes e um farto material de suporte em marketing e vendas.

Alguns exemplos de franquias criadas para quem quer trabalhar em casa são a Acquazero que atua no ramo de lavagem automotiva e ainda adota práticas sustentáveis. Outro exemplo é a DocSystem, voltada para o segmento de informática.

Artesanato e Estamparia

Quem domina a arte do tricô e crochê, ou quem gosta de corte e costura, por exemplo, encontrar nessas atividades uma grande oportunidade de ganhar dinheiro.

Além disso, em tempos de pandemia, a produção e a venda de máscaras pode ser uma boa fonte de renda.

Como alternativa nesse sentido também há o trabalho com estamparia e impressão de materiais. Nesse caso, é necessário investir em uma máquina e no equipamento apropriado para isso.

Diante disso, você deve divulgar os seus materiais em seu site e vendê-los via internet mesmo. Hoje em dia plataformas como o WordPress possuem recursos completos de e-commerce.

Venda de marmitas

Investir na produção de marmitas possibilita que você trabalhe em um negócio sem necessitar se preocupar com a contratação de garçons e pagar aluguel de um imóvel.

Além do mais, como muita gente não tem tempo ou não aprecia cozinhar, as marmitas se tornam uma alternativa rápida e barata.

Você também pode, inclusive, apostar na venda de marmitas destinada para quem adota uma dieta vegana ou para quem está malhando em casa.

Para ir mais longe, você pode criar um site e nele colocar o cardápio diário ou semanal e incluir o serviço de retirada ou delivery.

Venda de infoprodutos

Repare que hoje em dia na internet sempre tem alguém querendo tirar uma dúvida. Como assar um churrasco? Como consertar o chuveiro?

Como instalar tal software? A internet, sem dúvidas, se tornou o oráculo pós-moderno.

Por isso, se você domina um assunto específico, pode ser sobre culinária, eletrônica ou até mesmo tocar um instrumento musical, tem como usar a internet para vender os seus conhecimentos. A alternativa para isso é vendê-los no formato de infoproduto.

Os infoproduto são produtos digitais que pode ser um e-book (livro digital) ou pode ser um audiobook.

Os vídeos, por exemplo, também são infoprodutos bastante requisitados, ainda mais nos dias de hoje, em que smartphones e demais dispositivos móveis são cada vez mais comuns.

Nesse caso, vale destacar que plataformas online, como a Hotmart, auxiliam você na venda desses infoprodutos.

Em tempos de quarentena é hora de trabalhar com criatividade

Em um momento como este é necessário se adaptar às adversidades e as novas tecnologias . Ainda bem que a internet está aí para isso: para dar espaço e oportunidade para quem tem uma boa ideia e vontade de colocá-la em prática.

E então, você que está aí em casa, já pensou em um modo de ganhar dinheiro?

Fonte: Agência de Notícias de Jaraguá do Sul

Imprimir
Comentários