Lorene Pedrosa

O condutor do veículo que atropelou e matou cinco jovens e deixou outras 11 pessoas feridas no dia 5 de julho de 2014 em um acidente registrado no km 104 da MG-170, em Pimenta, foi preso na noite dessa segunda-feira (19).

Gabriel Lopes Dornelas, de 23 anos, chegava à universidade onde estuda engenharia civil, em Belo Horizonte, quando recebeu voz de prisão.

De acordo com Damares Sá, mãe de uma das vítimas, Manoel de Sá, a prisão de Gabriel se deve ao descumprimento de alguma das medidas cautelares impostas ao jovem pela Justiça. “O julgamento ainda não ocorreu, mas a notícia da prisão dele nos deixa com o coração alegre por saber que o Ministério Público está de olho. O processo nunca parou, porém, a defesa de Gabriel tem indicado muitas testemunhas, o que atrasa a conclusão de tudo isso”, comentou Damares que em entrevista ao Últimas Notícias disse que é a primeira vez em quatro anos que Gabriel terá um tempo para pensar em tudo que ocorreu. “Ele continuou a vida numa boa e nós tínhamos medo de que o caso ficasse impune, porque é a certeza da não punição que faz as pessoas agirem mal e muitas vezes repetir os erros. Por isso essa prisão é sim, motivo de alegria no nosso coração”, encerrou.

O mandado de prisão preventiva contra Gabriel, que tinha 18 anos na época do acidente, foi expedido no dia 5 deste mês.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), na madrugada em que ocorreu a tragédia, o motorista de um veículo parou na estrada para trocar um pneu. Amigos do motorista que estavam em outro carro pararam para ajudá-lo. Em seguida o automóvel conduzido por Gabriel, ao passar pelo local não conseguiu parar e atropelou quem estava na estrada.

Além das cinco vítimas fatais, o acidente feriu outras 11 pessoas que foram levadas para hospitais da região.

O trecho onde o acidente ocorreu estava em obras e existe a suspeita de que o motorista estivesse embriagado. Segundo testemunhas, o jovem dirigia em alta velocidade.

As vítimas voltavam de uma festa agropecuária.

Também de acordo com a PM, foi expedido um mandado com base no artigo 121 do Código Penal (homicídio), mas no documento não está especificado se Gabriel responde por homicídio culposo (sem intenção) ou doloso (com intensão de matar).

Gabriel é da cidade de Piumhi e não resistiu à prisão.

Vítimas

O grave acidente vitimou os formiguenses Manoel de Sá, de 26 anos e os irmãos Marcos Roberto Gonçalves de 31 anos e Marcelo Luís Gonçalves, de 26 anos. As outras duas vítimas, Camila Aparecida Costa, de 24 anos e Gisele Cristina Lima, de 25 anos, eram da cidade de Piumhi.

(Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação)

 

 

Fonte: Com informações do R7||

Imprimir

Comentários