O Conselho Municipal de Saúde (CMSF), em parceria com a Prefeitura de Formiga realizou no sábado (25) a 5ª Conferência Municipal de Saúde.

O evento que antecede as etapas estadual e nacional da conferência, discute a situação do Sistema Único de Saúde (SUS) e principais problemas da área.

Segundo a organização, cerca de 100 lideranças de Formiga participaram da conferência que contou com palestras e debates sobre as definições das propostas para melhorias na saúde pública.

O tema que norteou a conferência foi “Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro”, sugerido pelo Ministério da Saúde. Oito eixos temáticos conduziram os debates: Direito à Saúde, Garantia de Acesso e Atenção de Qualidade; Participação Social; Valorização do Trabalho e da Educação em Saúde; Financiamento do SUS e Relação Público-Privado; Gestão do SUS e Modelos de Atenção à Saúde; Informação, Educação e Política de Comunicação do SUS; Ciência, Tecnologia e Inovação no SUS; Reformas Democráticas e Populares do Estado.

Durante a conferência foram escolhidos os delegados que representarão o município na 8ª Conferência Estadual de Saúde que será realizada de 1º a 4 de setembro, em Belo Horizonte.  Foram eleitos como representantes: Paulo José de Oliveira, José Pereira de Sousa (Capitão Souza), Juscelino José Pinto e José Edilson de Araújo e ainda, como suplente, Samuel Nunes Gomes.

Como representantes dos prestadores de serviços foram eleitos: Ana Dalva da Costa e José Orlando dos Reis. Como delegados representantes do Governo, o conselho decidiu que entre os que estavam presentes, dois serão escolhidos na próxima reunião do Conselho Municipal de Saúde. Ao todo serão oito delegados de Formiga.

O Conselho Municipal de Saúde é formado por: José Edilson Araújo (presidente); Ronan Rodrigues de Castro Júnior (vice- presidente); Ana Lúcia Souza Consentino (primeira-secretária); Rogério Iunes Pereira (segundo-secretário) e Lutério de Freitas Costa (tesoureiro).

 

A 15ª Conferência Nacional de Saúde, que ocorre a cada quatro anos será realizada de 1º a 4 de dezembro, em Brasília, tendo como tema “Saúde Pública de Qualidade para Cuidar Bem das Pessoas: Direito do Povo Brasileiro”.

Redação do Jornal Nova Imprensa

print
Comentários