No Centro-Oeste de Minas, as novas administrações em  Formiga e  Pará de Minas  anunciaram que estão contendo gastos e, por isso, não irão promover o carnaval neste ano. Carmo do Cajuru, Oliveira e Lagoa da Prata já confirmaram a festa, mas ainda não divulgaram a programação. Bom Despacho e Itapecerica ainda não definiram sobre o evento.
A Prefeitura de Formiga divulgou que não irá realizar a festa para economizar, alegando dificuldades financeiras. O prefeito Eugênio Vilela explicou que o valor que seria aplicado na organização do carnaval pode ser melhor utilizado em outras áreas, como na compra de medicamentos que estão em falta desde o início do ano na Farmácia Municipal.

Como ocorreu em Pará de Minas, em Formiga também não houve a festa no último ano.  Na época o objetivo foi priorizar o pagamento de servidores e serviços básicos de saúde. O Município também declarou que os valores seriam utilizados para os pagamentos do 13º salário, do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e dos demais servidores.

Pará de Minas
Segundo a Secretaria de Cultura e Comunicação Institucional de Pará de Minas, a decisão de cancelamento foi tomada após uma reunião com representantes das escolas de samba. O Executivo destacou que o carnaval é importante, mas que há outras prioridades. A Secretaria de Cultura destacou também que a nova administração não teria tempo suficiente para preparar o evento. Apesar da não realização da festa, a Secretaria de Cultura planeja o carnaval para 2018.

No ano passado a cidade também não contou com a apresentação de escolas, blocos nem shows de bandas. O secretário de Cultura da época, Luciano Pereira, disse que a Prefeitura gastava uma média de R$ 500 mil com o carnaval e que, na ocasião, a administração pretendia economizar.

Bom Despacho
A assessoria da Prefeitura de Bom Despacho informou que, devido ao alto custo do carnaval, só realizará a festa se uma empresa terceirizada se interessar em assumir a responsabilidade. Uma licitação está em andamento para a contratação da empresa. O Executivo destacou que prefere investir em serviços básicos para a população, como a saúde.

Caso alguma empresa se interesse e atenda aos critérios do edital, a festa será realizada na Praça da Estação, ao lado da rodoviária. Em 2016, alguns blocos carnavalescos  promoveram ações. Tendo em vista a queda na arrecadação do município por causa da crise econômica, a Prefeitura optou por investir na área da saúde no ano passado.

 Itapecerica
O município de Itapecerica também vive um momento de indecisão sobre a festa. Apesar do local já ter sido escolhido, a Prefeitura aguarda orientações do Ministério Público para definir sobre o evento, já que na cidade há registros de falta de água e a festa poderia prejudicar ainda mais o fornecimento, que por enquanto ocorre normalmente, como declarou a assessoria.

Carmo do Cajuru
Em Carmo do Cajuru, as preparações para o carnaval já começaram. A festa será realizada na Rua Tiradentes, no Centro. Os blocos irão percorrer a Praça 1º de Janeiro, onde fica a sede da Prefeitura, até a Praça da Estação, próximo à delegacia, onde será montado um palco e haverá uma concentração maior de foliões.

Em uma reunião realizada na última sexta-feira (3) entre a Prefeitura e a organização do evento, foi definido que será colocada mais iluminação na Praça da Estação para garantir maior segurança aos foliões.

Também haverá reforço policial e segurança privada durante o evento. Será aberta ainda licitação para a contratação de bandas locais. Haverá também som mecânico nos intervalos dos shows. A ideia é valorizar artistas da cidade e da região.

Haverá desfile do Bloco da Latinha e a expectativa é de que foliões de outras cidades cheguem para o desfile da escola de samba Pavão Dourado. Haverá matinê para as crianças no domingo, à noite, apresentação do grupo Kayuru.

A programação completa será divulgada nesta semana. A assessoria da Prefeitura informou ainda que não haverá, por parte do Executivo, carnaval na Barragem.

 Oliveira
Em Oliveira haverá carnaval, mas como são poucos os recursos para a realização da festa, a organização do evento começou a fazer na cidade um pré-carnaval. Houve festa no último mês, na Praça XV de Novembro. A verba arrecadada será utilizada para ajudar a custear o carnaval oficial da cidade.

IMPRIMIR

Fonte:

G1