Duas das 52 apostas vencedoras na Mega da Virada, realizada na segunda-feira (31) para todo o Brasil, são de Belo Horizonte. Cada uma levará R$ 5.818.007,36. Se o prêmio é inegavelmente bem-vindo aos ganhadores desconhecidos, também há comemoração para os dois empreendimentos vendedores dos bilhetes premiados. A expectativa é que as vendas aumentem até 50% nos próximos dias. A fama de “pé-quente” dá um bom impulso. E bota “pé-quente” nisso: em uma dessas lojas, em dois anos, essa é a segunda vitória milionária no concurso da Caixa.

Nesta quarta-feira (2), primeiro dia útil após a divulgação do resultado, o movimento da clientela (ainda) não surpreendeu na Lotérica de Ouro, loja de onde saiu uma das apostas certeiras, na rua Izabel Bueno, 1326, no Jaraguá, região da Pampulha. Única loteria da via, que é uma das mais movimentadas do bairro, a conquista é motivo de alegria. 

Ficamos muito felizes. A procura por jogos aumenta bastante. Lotéricos que já tiveram bilhetes premiados afirmam que as vendas sobem até 50%”, afirmou Rafaela Portillo, gerente do estabelecimento há quatro anos. A aposta foi atendida no terminal de Fabricio Silveira, caixa há três anos no local. “O que mais me agradou foi o número de apostas vencedoras: é muito dinheiro e é bom que seja dividido para ajudar mais pessoas”, disse. 

A lotérica, que até então só havia premiado cerca de R$ 6 mil há dois anos, orgulha-se do feito: já colou uma placa no balcão de vidro e aguarda o aumento nas buscas por jogos. 

Super pé-quente

A Dumont Loterias, loja instalada na rua Barão de Coromandel, 132, no Barreiro, na região de mesmo nome, é pé-quente. Pelo menos, é o que nos contou Márcia Chaves, gerente do estabelecimento já há cinco anos. “Há dois anos, sorteamos a quina de São João: foram R$ 11 milhões”, disse. 

 Embora a lotérica não fique com nenhuma porcentagem sobre o prêmio final, Chaves argumentou que a venda de produtos sobe consideravelmente com as vitórias. “Vendemos R$ 90 mil em bilhetes da Mega. A tendência é melhorar”, declarou. 

 

Fonte: Hoje em Dia ||

print

Comentários