Ano Novo e preço também novo para alguns produtos indispensáveis para qualquer consumidor. No supermercado não é difícil perceber e, pior, o reajuste é para cima. O arroz, por exemplo, subiu 25% nos últimos 30 dias.
Em alguns supermercados, o arroz varia de R$8,99 a R$12,39. Mas o que assustou mesmo o consumidor e que deve subir mais é o açúcar. Em quatro semanas, alta de 35%. Nos últimos sete meses a escalada do preço foi ainda maior.
A boa notícia vem dos açougues. A carne está mais barata. A de segunda sai por R$7,49, mas não é presente de começo de ano. Essa queda é normal, já que durante as festas a procura aumenta e o preço vai lá para cima. A picanha, que custava, em dezembro, R$38,50, é vendida agora por R$19,90. O filé mignon passou de R$29,50 para R$19,90.

print
Comentários