A pandemia do novo coronavírus (covid-19) impactou o calendário de competições esportivas em todo o mundo. Com a Copa do Mundo de Natação não foi diferente.

A Federação Internacional de Natação (Fina) remarcou para setembro e outubro de 2021 as seis etapas da competição. Todas serão realizadas em piscinas curtas (25 metros, Inicialmente, o Mundial ocorreria no segundo semente deste ano.

Em nota oficial, a Fina explicou que as cidades-sede – Cingapura, Jinan (China), Berlim (Alemanha), Budapeste (Hungria), Doha (Catar) e Kazan (Rússia) – demostraram interesse de manter o cronograma inicial . Mesmo assim, a entidade decidiu reorganizar o calendário do evento. 

“Apesar de as cidades-sede da Copa do Mundo de Natação em 2020 demonstrarem continuamente seu interesse em sediar a competição este ano, a recomendação da Força-Tarefa da Fina, indicada para revisar a situação, é de adiá-la para o próximo ano, a fim de garantir a segurança dos atletas e todas as partes interessadas envolvidas”, diz a entidade, em nota publicada nessa segunda-feira (17).

Fonte: Agência Brasil

print
Comentários