Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte afirmou nessa quinta-feira (21), que o país não está vinculado a nenhum tipo de ataque cibernético.

Essa é a primeira resposta da Coreia do Norte após as acusações feitas pelo conselheiro de segurança de Donald Trump, Thomas Bossert, de que o país asiático foi responsável por espalhar o vírus WannaCry, que atingiu empresas e hospitais ao redor do mundo em maio deste ano.

“Como claramente afirmamos em várias ocasiões, não temos nada a ver com o ataque cibernético e não sentimos necessidade de responder, caso a caso, a alegações tão absurdas dos Estados Unidos”, disse o porta-voz.

IMPRIMIR

Fonte:

Olhar Digital