A equipe além de sofrer o rebaixamento, bateu também um triste recorde, menos de dois anos após conquistar o título no Serra Dourada.
O Corinthians tornou-se assim, no campeão que mais rápido caiu na história do Campeonato Brasileiro, desde a sua primeira edição em 1971.
O recorde pertencia ao Coritiba que foi campeão em 1985 ao derrotar o Bangu na final da competição, e rebaixado quatro anos depois, em 1989.
Outros campeões brasileiros também passaram pela mesma situação. O Botafogo, que faturou o título em 1995, foi rebaixado sete anos depois, em 2002. Neste mesmo ano caiu também o Palmeiras, campeão pela última vez em 1994. Um intervalo de oito anos.
O Grêmio também registrou um período de oito anos entre o título de 1996 e o rebaixamento de 2004.
O Bahia, que neste ano subiu da Série C para a B, resistiu um pouco mais, foram nove anos do título de 1988 até o rebaixamento de 1997. Já o Guarani, campeão em 1978, só foi efetivamente rebaixado em 1989.
O maior período de resistência entre os campeões que caíram foi estabelecido pelo Atlético-MG, primeira campeão brasileiro em 1971. A equipe mineira só foi cair 34 anos depois, em 2005.
O Fluminense foi outro que ficou um bom tempo sem ser rebaixado após o primeiro e único títulos em 1984. A equipe caiu pela primeira vez em 1996

Imprimir
Comentários