Morreu, em Belo Horizonte, um homem de 44 anos infectado pelo novo coronavírus. A princípio, o paciente que é natural de Mariana, na região Central de Minas Gerais, não pertencia a nenhum grupo de risco. Contudo, seu histórico de saúde será completamente analisada pela Secretaria Municipal de Saúde de Mariana. Diante dessa confirmação, sobe para três o número de óbitos em decorrência da Covid-19 em Minas Gerais.

A primeira morte aconteceu no domingo (29), em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. Trata-se de uma senhora de 82 anos, natural da capital mineira, internada no Hospital Biocor após a confirmação do diagnóstico. Ela já sofria de alguma comorbidades, como diabetes e cardiopatias.

O segundo óbito aconteceu na segunda-feira (30), confirmado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) na terça-feira (31). O paciente era um homem de 66 anos, internado em estado grave no CTI do Hospital Semper, em BH, três dias antes do óbito. Balanço publicado pelo órgão estadual nessa terça-feira aponta que 40 mortes suspeitas para Covid-19 são investigadas em Minas Gerais.

Mariana
A morte do morador de Mariana foi confirmada pelo secretário de saúde do município, Danilo Brito, na manhã desta quarta-feira (1º). “No nosso entendimento, é uma transmissão comunitária. O paciente não deslocou para regiões de risco ou para fora do país”, esclarece. Segundo ele, o primeiro atendimento ao homem aconteceu na policlínica de Mariana e, após rápida evolução do caso, precisou ser transferido para Belo Horizonte, onde permaneceu internado até a morte.

Fonte: O Tempo

Imprimir
Comentários