Desde que a Prefeitura de Arcos inaugurou o Posto Avançado do Corpo de Bombeiros, no fim do mês de março, a corporação já atendeu mais de 300 ocorrências. Sinal de que o serviço era essencial para a cidade.

Além da otimização no atendimento com vítimas de acidentes e situações de emergência, as chamadas vão desde incêndios em terrenos vagos a resgate de animais silvestres em residências.

O tenente Mateus Cunha, responsável pela unidade em Arcos, conta que o efetivo está empenhado em servir a cidade. “Eu percebo um ânimo renovado em todos, um desejo de estar presente em todas as ocorrências. Acredito que um dos motivos seja as condições de trabalho e o suporte que a Prefeitura tem nos dado”, afirmou.

Uma das vantagens da ida do Corpo de Bombeiros para Arcos é a otimização nos trabalhos de socorro. Agora, as chamadas, que antes eram direcionadas apenas ao Samu, são divididas com o efetivo militar.

Jordana Cristina Gonçalves, autônoma, de 28 anos, foi vítima de um acidente e conta que ficou impressionada com o atendimento dos bombeiros. “Assim que aconteceu o incidente eles foram acionados, em menos de cinco minutos já estavam lá, me dando toda a atenção. Foi tudo muito rápido, demonstraram uma cordialidade muito grande comigo. Que bom que eles agora estão na cidade”, agradece.

De todas as ocorrências, sempre tem aquelas que mais chamam a atenção, seja pela periculosidade ou pelo inusitado. “As chamadas que mais nos surpreendem são aquelas com animais silvestres. É incrível o que já foi capturado dentro de residências até agora. Cobras, gambas, macaco prego, gatos e até um tamanduá”, conta o sargento Leandro Bebiano, esclarecendo que até o momento nenhuma ocorrência de grande periculosidade aconteceu.

O Corpo de Bombeiros de Arcos atende em média seis ocorrências diárias. Até o momento, a equipe socorreu três acidentes com vítimas e a atenção está sempre voltada para a população.

Fonte: Tapiraí TV

Imprimir
Comentários