O corpo de Cintia Alves de Almeida, de 42 anos, que estava desaparecida desde o dia 14 de agosto, foi encontrado dentro de um brejo que fica nos fundos da casa onde a vítima morava, no bairro Padre Miguel, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com a Polícia Civil, o principal suspeito pelo crime é um homem com quem Cintia mantinha um relacionamento há 4 anos. Segundo familiares, a vítima tinha um relacionamento conturbado e já não queria mais manter a relação. Ela havia sido vista pela última vez em um bar, próximo à casa onde morava, mas teria ido para casa e desapareceu. 

Ainda segundo os familiares, o suspeito assumiu o crime e indicou onde teria deixado o corpo. 

O homem foi preso e encaminhado para a delegacia da Polícia Civil. O corpo de Cintia foi levado ao Instituto Médico Legal (IML). 

Fonte: Itatiaia

print
Comentários